Paulo Liebert/AE - 21/10/2010
Paulo Liebert/AE - 21/10/2010

Santos garante permanência de Marcelo Martelotte até fim do ano

Para o ano que vem o clube promete contratar um treinador com experiência internacional

SANCHES FILHO, Agência Estado

31 de outubro de 2010 | 15h23

SANTOS - O interino Marcelo Martelotte será o técnico do Santos até o fim do Campeonato Brasileiro. Essa foi uma das consequências do empate com o Internacional, no sábado, em Porto Alegre, resultado que aumentou para oito pontos a diferença para os líderes Fluminense e Cruzeiro, a seis rodadas do encerramento da competição, praticamente encerrando as chances santistas de título.

A decisão foi confirmada pelo presidente do Santos, Luís Alvaro de Oliveira Ribeiro. Para o ano que vem, quando disputará a Libertadores, o clube promete contratar um treinador com experiência em competições internacionais. No momento, Paulo Autuori e Adilson Batista são os preferidos da cúpula santista. E Ricardo Gomes aparece como terceira opção.

"Marcelo é um profissional sério, competente, realiza um bom trabalho e será mantido no cargo até o fim do ano", avisou o presidente do Santos, que promete manter Martelotte no clube mesmo após a contratação do treinador mais experiente. "Estamos satisfeitos com o trabalho que ele vem realizando. Além disso, não temos pressa para contratar o novo técnico."

Marcelo Martelotte assumiu o comando do Santos no dia 21 de setembro, quando o técnico Dorival Júnior deixou o clube. Nesse período, a diretoria santista esteve perto de contratar Abel Braga, mas ele não foi liberado pelo Al-Jazira, nos Emirados Árabes. Enquanto isso, o interino trabalhou em dez jogos, somando quatro vitórias, dois empates e quatro derrotas.

"Tenho consciência de que estou apenas guardando o lugar para o treinador que vai chegar. Até que isso aconteça, vou procurar fazer o meu melhor possível", afirmou Marcelo Martelotte, feliz com o reconhecimento que tem recebido da diretoria do clube e com o trabalho realizado até agora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.