Santos: garra contra o Noroeste para reagir no Paulistão

Time de Leão quer jogar com simplicidade para repetir a vitória conquistada na Libertadores, contra o Chivas

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

08 de março de 2008 | 15h59

O Santos promete repetir a estratégia que deu certo contra o Chivas (México), na última terça-feira, para vencer o Noroeste, neste domingo, a partir das 18h10, na Vila Belmiro: jogar com simplicidade e muita garra para compensar os problemas do time. Assim, o grupo comandado pelo técnico Emerson Leão espera reagir no Campeonato Paulista.   Veja também:  Classificação  Resultados e calendário   Enquanto vai bem na Libertadores - lidera o Grupo 6 -, o Santos faz campanha irregular no Paulistão. Somou apenas 14 pontos até agora e briga para evitar o rebaixamento. Assim, um tropeço neste domingo, diante do Noroeste, será visto como uma verdadeira tragédia na Vila Belmiro.   Leão lembra sempre que o time ainda está em fase de reestruturação e, embora não tenha deixado de acreditar na remota possibilidade classificação às semifinais do Paulistão, ele avisa que há um longo caminho a ser percorrido para a recuperação. "Não há como não pensar em jogo a jogo. Em primeiro lugar precisamos ter regularidade de rendimento e não oscilar tanto como aconteceu até agora. Se cada jogador achar que pode resolver tudo individualmente, não dá certo. É preciso jogar como equipe", avisou o treinador.   Preocupado em dar padrão ao time e sem contar com grandes opções no elenco, Leão deve mexer pouco na escalação para o jogo deste domingo. Mas ele pode dar uma oportunidade ao atacante chileno Sebastián Pinto, conhecido como "El Tanque", que foi bem ao lado de Kléber Pereira na segunda parte do treino coletivo de sexta-feira.    Santos Fábio Costa; Adriano, Domingos, Betão e Carleto; Marcinho Guerreiro, Rodrigo Souto, Wesley e Molina; Tripodi (Sebastián Pinto) e Kléber Pereira. Técnico: Emerson Leão.  NORORESTE Fabiano; Edylton, Bonfim, Anderson Marques e Leandro; Júlio, Ralf, Luciano Bebê e Edno; Vandinho e Leandrinho. Técnico: Márcio Bittencourt. Árbitro: Guilherme Cereta de Lima.Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)Horário: 18h10Rádio: Eldorado/ESPN - AM 700TV: SporTV Repassado ao Santos por um empresário, junto com o equatoriano Michael Jackson Quiñones, o argentino Mariano Tripodi e o colombiano Maurício Molina, Sebastián Pinto foi o reforço estrangeiro que demorou mais para entrar em forma, porque estava há seis meses sem jogar. Agora, no entanto, ele parece pronto para estrear.   No treino coletivo de sexta-feira, Sebastián Pinto mostrou que pode atuar como segundo atacante, saindo da área para buscar a bola e movimentando-se por todos os lados. É o que Leão exige do companheiro de Kléber Pereira, que fica mais próximo da área, sem se desgastar ao voltar ao meio-de-campo para receber a bola.   Já o meia colombiano Molina, que vem se transformando em novo ídolo da torcida santista, foi orientado por Leão para não correr inutilmente e procurar trabalhar do meio-de-campo para frente, armando as jogadas para os dois atacantes. Enquanto isso, Wesley terá a tarefa de ajudar os volantes na marcação no meio.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCPaulistão A-1Noroestes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.