Santos: Geninho pede vitória domingo

Na busca de tranqüilidade para que o time possa se recuperar das duas derrotas seguidas no Paulista, o técnico Geninho reuniu o grupo hoje à tarde no meio do campo do Centro de Treinamento Rei Pelé e teve uma longa conversa de 40 minutos com o elenco. Esclareceu que a situação do time ficou ruim, mas que ainda não é preocupante, e pediu uma vitória domingo, no clássico contra o Corinthians. "Vencendo esse jogo e conquistando os três pontos, tudo volta ao normal", comentou o atacante Dodô depois da reunião. Dodô não esteve bem na derrota de domingo contra o Botafogo e perdeu um pênalti, que poderia ter dado o empate ao Santos. "Bati mal e acabei perdendo", admitiu. E revelou que vai continuar cobrando os pênaltis cometidos contra os santistas. Para o meia Robert, "nada está perdido e o Santos tem que buscar as vitórias a qualquer custo para retomar a liderança". Sobre a última partida, entende que "o time até que esteve bem, nas de vez em quando a gente dá uma bobeira, cede o empate e permite que o adversário cresça". Ele tem uma certeza: "vamos recuperar nossa boa posição no campeonato". Para o zagueiro Rodrigo Costa, que estreou domingo e cometeu o pênalti que resultou no gol da vitória do Botafogo, "está na hora de a equipe voltar a conquistar pontos para se classificar o quanto antes". Segundo ele, "o time grande que chegar no quadrangular terá grandes chances de conquistar o título deste ano". O lateral Léo lembra que ainda há muitos jogos no interior e, com a disputa paralela da Copa do Basil, o desgaste vai ser grande". Alerta para a urgência em conseguir a classificação: "Se a gente deixar para depois, a situação pode complicar". COPA DO BRASIL - O Santos estréia nesta quarta-feira na Copa do Brasil, enfrentando o Anapolina, em Anápolis. Para esse jogo, o técnico Geninho poderá contar com o time completo, fato que não tem ocorrido nas últimas partidas do Campeonato Paulista por causa das constantes suspensões dos jogadores. Assim, poderá retomar a formação original, escalando três zagueiros (André Luís, Galván e Pereira) e mantendo forte marcação no meio-de-campo com a volta de Claudiomiro. No domingo, o Santos volta a jogar pelo Paulista e vai enfrentar o Corinthians, com um desfalque certo: o do goleiro Fábio Costa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.