Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Santos, goleiro do Athletico-PR, é convocado para a seleção no lugar de Ederson

Goleiro do Manchester City foi cortado por Tite devido a uma lesão muscular

Redação, Estadão Conteúdo

09 de novembro de 2019 | 13h26

O goleiro Santos, do Athletico-PR, foi convocado neste sábado pelo técnico Tite para o lugar de Ederson, do Manchester City, que está lesionado e acabou sendo cortado da lista de jogadores chamados pelo treinador para defender a seleção brasileira nos amistosos contra a Argentina, na próxima sexta-feira, às 10h30 (de Brasília), em Riad, na Arábia Saudita, e diante da Coreia do Sul, no dia 19, às 9 horas, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes.

Esta é a segunda vez que Santos foi chamado pelo treinador para atuar pela equipe nacional. A primeira ocorreu em outubro, quando figurou na lista de atletas escolhidos para os amistosos contra Senegal e Nigéria, ambos em Cingapura, onde os brasileiros acumularam dois empates por 1 a 1 e ampliaram o jejum de vitórias após a conquista do título da Copa América. Antes destes dois duelos na Ásia, o Brasil ficou no 2 a 2 com a Colômbia, em Miami, e foi derrotado por 1 a 0 pelo Peru, em Los Angeles, em dois confrontos nos Estados Unidos.

Com uma lesão muscular na coxa, Ederson foi cortado dos próximos jogos da seleção um dia depois de o técnico Pep Guardiola também ter confirmado o goleiro como desfalque do City no clássico com o Liverpool, marcado para este domingo, fora de casa, pelo Campeonato Inglês.

Ederson lesionou a coxa na última quarta-feira, no empate por 1 a 1 com a Atalanta, na Itália, pela Liga dos Campeões da Europa. Por causa do problema muscular, o brasileiro foi substituído no intervalo da partida pelo chileno Claudio Bravo. Chamado como substituto do atleta do clube de Manchester, Santos vai se juntar a Alisson, do Liverpool, e a Daniel Fuzato, da Roma, como outros dois goleiros convocados para os amistosos contra argentinos e sul-coreanos.

"Em contato com o departamento médico do Manchester City, Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira, recebeu os exames que confirmaram a lesão e a impossibilidade de recuperação de Ederson em tempo hábil para a participação do período de treinos e jogos preparatórios", informou a CBF, por meio de nota em seu site oficial, ao explicar o motivo do corte do jogador.

Formado nas categorias de base do Athletico-PR, Santos, de 29 anos, soma 159 jogos pelo time paranaense, com 68 vitórias, 45 empates e 46 derrotas. O camisa 1 vai viajar para se apresentar a Tite logo após defender a sua equipe no duelo com o São Paulo, neste domingo, no Morumbi, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesta temporada, Santos se destacou em vários jogos do Athletico, principalmente na campanha vitoriosa da equipe na Copa do Brasil, conquistada com ele sendo decisivo nas finais contra o Internacional e também ao defender pênaltis em disputas derradeiras por vagas nos mata-matas com o Flamengo e com o Grêmio.

Esses dois próximos amistosos do Brasil serão os últimos compromissos da equipe nacional antes do início das Eliminatórias para a Copa do Mundo, que começam em março do ano que vem. Para estes duelos contra argentinos e sul-coreanos, a principal baixa do Brasil será Neymar, que ainda se recupera de uma lesão grau 2 na coxa esquerda, sofrida justamente em um amistoso da seleção, contra a Nigéria. Isso abriu espaço para Tite apostar em nomes como Rodrygo, que vem brilhando com a camisa do Real Madrid, e David Neres, do Ajax, na relação de atacantes convocados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.