Nikola Solic / Reuters
Nikola Solic / Reuters

Santos indica possibilidade de se reforçar com croata Sammir para 2019

Clube pretende deixar o jogador em forma nos meses restantes de 2018; Ricardo Gomes nega possibilidade de assumir Bordeaux

Estadão Conteúdo

30 Agosto 2018 | 10h47

O meia-atacante Sammir pode ser o primeiro reforço do Santos para a próxima temporada. O jogador brasileiro naturalizado croata se reuniu na última quarta-feira com Ricardo Gomes, executivo de futebol do clube, e pode até iniciar as atividades no CT Rei Pelé em um futuro próximo.

Sammir, de 31 anos, teve o chinês Wuhan Zall como seu último clube, em 2017, e enfrentou problemas por lá, pedindo a rescisão do seu contrato por atrasos salariais. Esse imbróglio trava a sua contratação imediata pelo Santos, assim como a inatividade de mais de um ano sem atuar.

Até por isso, como indicou Ricardo Gomes, o Santos adota cuidado para lidar com a situação de Sammir. Mas avalia a possibilidade de fechar um acordo com ele para a próxima temporada, aproveitando os últimos meses de 2018 para colocar o jogador em boas condições físicas para a próxima temporada.

"Sammir é uma ideia, mas acho difícil por ainda estar como jogador do clube chinês. É uma ideia lá para frente. Vamos nos preparando para dezembro e janeiro", afirmou o dirigente santista.

Naturalizado croata, Sammir participou da Copa do Mundo de 2014. Ele deixou o futebol nacional muito jovem, se transferindo ao Dínamo Zagreb em 2006. O meia-atacante também já passou pelo Getafe, da Espanha, e pelos chineses Zhejiang Greentown e Jiangsu Suning na sua carreira.

Já em busca de reforços para o Santos para a próxima temporada, Ricardo Gomes rejeitou a possibilidade de deixar o clube para assumir o comando do Bordeaux, time que dirigiu entre 2005 e 2007. "Não fui procurado. Espero montar um grande time no Santos", assegurou o ex-zagueiro.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.