Santos inscreve Luizão e Pitbull

Com Luizão e Cláudio Pitbull, o Santos fecha o elenco para a reta decisiva do Campeonato Brasileiro e parte para a conquista do título. Cláudio Pitbull foi registrado no final da tarde desta sexta-feira, ao mesmo tempo em que Gallo concedia a entrevista coletiva. O treinador atendeu a ligação em seu celular, numa conversa rápida, suficiente para ele abrir um sorriso: era a confirmação da chegada do fax à CBF. O atacante ficará na Vila Belmiro até julho do ano que vem, por empréstimo. Além desses dois reforços, os santistas registraram ontem também o volante Heleno, contratado junto ao Vila Nova de Goiás. Até pela necessidade atual do Santos, Gallo tem pressa e quer ver logo os jogadores em campo. E acha que Luizão já está pronto. "Ele fez cinco jogos no Japão e não apresentou qualquer tipo de problema", disse ele, ressaltando que, quando jogava pelo São Paulo o atacante teve um problema muscular na coxa direita. Mesmo assim, o jogador receberá cuidados especiais. "O Luizão teve uma contusão de joelho e vamos ter o cuidado que temos com outros atletas importantes como Giovanni e Ricardinho." Antes de contratar Luizão, o Santos consultou os médicos do São Paulo e manteve com Luís Rosan, o preparador físico da seleção. "Estamos conscientes do que estamos fazendo", disse o técnico. Em sua avaliação, o centroavante "é um grande jogador de área e vai ser muito importante para o time." Já Cláudio Pitbull era um sonho antigo de Gallo. Desde que assumiu o comando do Santos, o treinador pediu essa contratação, que acabou não se realizando no início do ano. "Já vínhamos conversando com o Cláudio desde minha vinda para cá e voltou agora a possibilidade de contratá-lo numa condição boa para o clube." Com essas contratações, Gallo entende que "o time vai ficar mais forte e fecha seu elenco para a seqüência do ano bastante equilibrado". A chegada dos dois novos titulares do ataque não terá maiores conseqüências para os jovens atacantes que buscavam um lugar no time principal, como Geílson, Frontini e Diego. "Tirando o Basílio, que é mais experiente e um jogador de mudança de ritmo de jogo, temos jovens atacantes muito bons", disse o treinador, completando: "a presença de Luizão e Cláudio, jogadores de muita qualidade e experiência, acostumados a decisões, vai fortalecer os que estão aqui no elenco." O capitão Ricardinho gostou das contrações, principalmente a de Luizão. Ele, Kleber e o atacante defenderam o Corinthians na fase que levou o time a conquistar o Mundial da Fifa. "Ele tem boa presença de área, faz gols e conheço o seu potencial. Ele tem condições de nos ajudar bastante". Mesmo com esse reforços, o meia acha que não se pode falar em favoritismo do Santos, "num campeonato equilibrado como esse". O Santos contratou também o volante Heleno junto ao Vila Nova de Goiás e ele deve passar um tempo no time B do Santos para se adaptar ao novo clube. "Ele é forte fisicamente, faz boa marcação e tem bom toque de bola", disse Gallo. "Nós o trouxemos para as necessidades que teremos na seqüência do campeonato", concluiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.