Santos insiste em Love, mas tenta Pitbull

O Santos ainda não desistiu da contratação de Vágner Love e até hoje o CSKA não havia recusado a proposta apresentada. O maior problema na negociação foi que, ao chegar aos US$ 12 milhões pedidos, os russos aumentaram a pedida para US$ 13 milhões, o que desagradou o presidente Marcelo Teixeira. Mesmo continuando as negociações em segredo, os santistas investem também na contratação de Cláudio Pitbull, jogador que já interessou ao clube no início do ano. Gallo procurou evitar comentários sobre as tentativas de contratação do atacante pretendido por ele. "Diretoria está tratando dessasituação", disse ele. Sobre Vágner Love, revelou que ainda não houve a negativa do CSKA e que o presidente Marcelo Teixeira está cuidando pessoalmente desse caso. Sobre Pitbull, disse que ele foi indicado logo que assumiu o comando do Santos. "Houve um problema de contrato, ele estava praticamente acertado com o time da Ásia e agora soube que foi para outro clube". Ele não confirmou nem negou o interesse por Cláudio Pitbull nesse momento, até para evitar especulações. "Já passei alguns nomes para a diretoria, que trabalhou muito bem em cima de todos". As cifras altas, entretanto, impediram a chegada de alguns dos pretendidos. "É um assunto interno", completou. TIME - Gallo vai ter o time quase completo para o jogo de domingo contra o Flamengo, uma coisa rara desde que assumiu o comando técnico. Ávalos deverá voltar à zaga, Elton fará a dupla de volantes com Zé Elias e Diego será escalado no ataque ao lado de Geílson. Com isso, Giovanni voltará a jogar no meio, armando as jogadas de ataque com Ricardinho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.