Santos insiste que não vende Robinho

Apesar de Robinho ter dito na Alemanha que deseja ir para o Real Madrid, o presidente do Santos, Marcelo Teixeira, insistiu em dizer que não aceita vender o jogador agora.Em entrevista ao programa Troca de Passes, da SporTV, o presidente do Santos garantiu nesta quarta-feira que Robinho só deixa a Vila Belmiro neste momento se alguém depositar o valor previsto para uma rescisão contratual: US$ 50 milhões. ?Necessitamos da permanência dele. Através do diálogo vamos chegar a um bom termo. Queremos que ele cumpra seu contrato que vai até janeiro de 2008?, afirmou Marcelo Teixeira.O problema é que Robinho é dono de 30% de seu passe - o Santos tem 60% e o empresário Vágner Ribeiro possui os outros 10% - e já acertou tudo com o Real. E da Alemanha, onde conquistou o título da Copa das Confederações com a seleção, ele avisou que irá conversar com Marcelo Teixeira para pedir sua liberação.?Há uma pressão muito grande no jogador, até em questões financeiras. E tenho percebido nas declarações do presidente do Real uma falta de respeito com o Santos?, disse Marcelo Teixeira. ?De uma forma ou de outra, sabemos que num dado momento ele partirá para a Europa. Mas, no entendimento do Santos, ainda não é esse momento.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.