Arquivo/AE
Arquivo/AE

Santos joga clássico e pode ajudar outros quatro times

Equipe terá a volta de Paulo Henrique Lima na partida deste domingo contra o São Paulo, às 16 horas na Vila

Sanches Filho, Agencia Estado

25 de outubro de 2009 | 08h28

O Santos tem a oportunidade de ganhar o seu segundo clássico paulista no Campeonato Brasileiro contra o São Paulo, neste domingo, às 16 horas, na Vila Belmiro, pela 31.ª rodada. A sua única vitória contra grandes da Capital foi no dia 31 de maio, como mandante, no confronto contra os reservas do Corinthians. O confronto terá acompanhamento online do estadao.com.br e transmissão ao vivo pela rádio Eldorado/ESPN, também no FM 107,3.

Veja também:

linkSão Paulo quer vencer e encostar no líder

linkConcorrentes ao título encaram clássicos

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabelaClassificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Vencer o clássico terá apenas valor simbólico para o time de Vanderlei Luxemburgo, estacionado na 13.ª colocação, fora até da disputa por vaga para a Copa Libertadores da América. Mas o resultado interessa a quatro candidatos ao título - Palmeiras, Atlético Mineiro, Internacional e Flamengo -, que torcem por um tropeço do tricampeão brasileiro.

O retorno do seu melhor jogador, Paulo Henrique Lima, que estava com a seleção brasileira sub-20 vice-campeã da Copa do Mundo do Egito (perdeu de Gana na decisão por pênaltis) pode mudar o comportamento da equipe que apenas empatou sem gols contra Vitória e Barueri nas duas últimas rodadas.

Nos dois coletivos da semana, Luxemburgo aglomerou os jogadores do meio para trás, com uma linha de quatro zagueiros, dois volantes de marcação, três meias e apenas um atacante avançado. Ele chegou a ficar dividido entre a estreia de Jean e a escalação do garoto André para o ataque e acabou optando pelo prata da casa. O próprio treinador não concorda que a formação 4-5-1 seja defensiva demais.

O motivo de o técnico reforçar a marcação pelo meio é que o time vai jogar com a zaga improvisada. Como Fabão sofreu distensão muscular, Domingos foi mandado embora e Eli Sabiá vai cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, restaram apenas André Astorga e Adailton, que volta depois de oito meses e quatro cirurgias. Também estão fora do clássico Kléber Pereira (cumpre suspensão pela expulsão diante do Barueri), Neymar (está na seleção sub-17) e George Lucas, que voltou a sentir dores na coxa direita.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.