Santos joga com obrigação de vencer

O Santos busca neste domingo emCampinas a sua sexta vitória consecutiva, condição única paraque continue a ter chances de chegar ao título do CampeonatoBrasileiro. Diego cumpriu suspensão automática e volta à equipe,que terá outra novidade: a entrada do goleiro Júlio Sérgio nolugar de Fábio Costa, que se contundiu e foi vetado pelosmédicos. "Estamos jogando com o objetivo único de vencer", disse otécnico Leão, que ressaltou os 20 gols marcados em cinco jogos"sem um centroavante de ofício" como prova de que amovimentação de seus jogadores tem sido muito boa. "Vamos paraCampinas sabendo o problema do adversário, mas também o nosso eessa consciência nos dá condição de jogar de maneiradefinida". Faltando cinco rodadas para o término do campeonato,Leão admite que o título está mais próximo do Cruzeiro "pelaproximidade do final, mas isso não é definitivo". Ele acha que,numa comparação das últimas partidas dos dois times que disputamo título, o seu leva vantagem, o que "deixa uma apreensão no arpara os jogadores do Cruzeiro", disse ele, ressaltando que aequipe mineira tem qualidade. Um ponto positivo destacado pelo treinador santista éque nas duas pontas do Brasileiro está havendo disputa. "Umcampeonato tão longo como esse e sua regra de pontos corridosestão salvos, pois o campeão ainda não está definido, nem ostimes que serão rebaixados". O lateral-esquerdo Léo foi poupado dos treinos mas tempresença garantida no jogo deste domingo. "Foi uma pancada queprovocou uma dor muito forte, mas nada que comprometa",comentou. O desespero do adversário pode tornar o jogo maisdifícil, na opinião do atleta. "Se quisermos continuar sonhandocom o bicampeonato, temos que vencer e, para isso, é preciso tero mesmo comportamento que estamos tendo nos últimos jogos". Robinho também considera o jogo em Campinas difícil, masacha que o Santos só pode pensar em vencer o adversário. "Temosque continuar fazendo nossa parte, que é vencer as partidas eainda esperar por tropeços do Cruzeiro que acho que irãoacontecer", disse. Ele deu o passe para Fabiano marcar oterceiro gol contra o Vitória, mas não marcou nessa partida."Agora quero ver se compenso e marco dois na Ponte Preta",comentou, sempre descontraído. O goleiro Júlio Sérgio volta ao gol santista,substituindo Fábio Costa que teve uma contusão no adutor da coxadireita. Ele também espera um jogo complicado, "pois a Ponte éum time muito forte, especialmente quando joga no MoisésLucarelli, mas o Santos tem condição de realizar outra boapartida e sair de lá com mais uma vitória".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.