Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Santos aposta na força em casa para manter o embalo diante do Fla

Time alvinegro vem de 15 vitórias consecutivas na Vila Belmiro

Daniel Batista, O Estado de s.Paulo

19 de novembro de 2015 | 07h01

O Santos entra em campo para enfrentar o Flamengo nesta quinta-feira, às 22h, na Vila Belmiro, em busca de algumas marcas que servirão para demonstrar o quanto o time chega com vontade e focado na reta final da temporada. A preocupação do técnico Dorival Júnior é deixar claro que acomodação é algo que passa longe do elenco santista.

Para comprovar que o discurso não é da boca para fora, nada melhor do que derrotar o Flamengo e chegar a incrível marca de 16 vitórias consecutivas em seu estádio, sendo assim, a terceira mais sequência invicta da história do clube na Vila. 

Atualmente, os 15 jogos são semelhantes a marca obtida entre 1962 e 63, com o time que tinha Pelé, Coutinho, entre outros craques. Além disso, somar mais três pontos na tabela aproxima a equipe do objetivo maior no Brasileiro, que é garantir o quanto antes a vaga no G-4, para não depender apenas do título da Copa do Brasil. 

Manter a equipe com ritmo intenso é o ideal projetado por Dorival. O temor é que os santistas acabem perdendo o foco para a final com o Palmeiras, por isso, nos últimos dias, o treinador falou bastante sobre a necessidade de se levar o Brasileiro a sério.

Por isso, nada de folga aos selecionáveis. Zeca, Gabriel (que estavam com a seleção olímpica) e Ricardo Oliveira (seleção principal). O trio está confirmado no jogo e Lucas Lima também não joga só porque está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em seu lugar, Geuvânio tem uma nova oportunidade de mostrar que merece recuperar o posto de titular, perdido para Marquinhos Gabriel.

No Flamengo, o técnico Oswaldo de Oliveira também não pretende dar folga para Guerrero, que enfrentou o Brasil na terça-feira, mas vai deixar para definir sua escalação horas antes do jogo. Emerson, recuperado de cansaço muscular, vai para o jogo. Com 47 pontos, o time carioca ainda sonha brigar por uma vaga no G-4. 

FICHA TÉCNICA

SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato e Marquinhos Gabriel; Gabigol, Geuvânio e Ricardo Oliveira

Técnico: Dorival Júnior

FLAMENGO: Paulo Victor, Pará, César Martins, Wallace e Jorge; Jonas, Márcio Araújo e Alan Patrick; Gabriel (Guerrero), Emerson Sheik e Kayke

Técnico: Oswaldo de Oliveira

JUIZ: Heber Roberto Lopes (SC)

LOCAL: Vila Belmiro, em Santos

HORÁRIO: 22h

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCFutebolBrasileirãoFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.