Tiago Queiroz/AE
Tiago Queiroz/AE

Santos lamenta gol anulado pela arbitragem

Mancini não esconde o aborrecimento pelo empate em 0 a 0 com o Barueri

AE, Agencia Estado

28 de março de 2009 | 19h59

O técnico do Santos, Vágner Mancini, não escondeu a frustração e o aborrecimento pelo empate em 0 a 0 com o Barueri, neste sábado, pelo Paulistão. Ele, porém, responsabilizou a arbitragem pelo mau resultado: "Infelizmente, o bandeira foi infeliz no lance (em que Fabiano Eller teve um gol anulado por impedimento)."

Veja também:

link Santos não sai do zero em Barueri e se complica no Paulistão

tabela Campeonato Paulista - Classificação 

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

O zagueiro Fabão concordou com a opinião do seu treinador. "Se o juiz desse o gol, o jogo teria sido diferente", admitiu o jogador do Santos. Já o atacante Neymar, principal estrela do elenco santista, lembrou que não teve muito espaço para jogar neste sábado. "A marcação foi muito forte, isso é normal", explicou.

Com o empate deste sábado em Barueri, o Santos chegou aos 31 pontos, voltando ao G-4, o grupo dos quatro melhores do Paulistão. Mas pode perder essa quarta posição já neste domingo, quando a Portuguesa, que também tem 31 pontos, enfrentará o Marília no complemento da 17ª rodada do campeonato.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato PaulistaSantos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.