Santos leva susto no fim, mas derrota Ponte Preta

Resultado deixa o time da Vila Belmiro na 6.ª posição, seis pontos atrás do G4

Gabriel Melloni, Agência Estado

12 de outubro de 2013 | 23h05

SÃO PAULO - Depois de duas derrotas consecutivas - para Portuguesa e Coritiba -, o Santos se reencontrou com a vitória neste sábado à noite, no Pacaembu. Comandado por Montillo, que deu assistência para o primeiro gol e marcou o segundo, a equipe derrotou a Ponte Preta por 2 a 1, em jogo válido pela 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado levou o time da Vila Belmiro aos 39 pontos, subindo para a sexta colocação, seis pontos atrás do G4.

Na próxima rodada, o Santos enfrenta o Internacional, quarta-feira, às 19h30, na Vila Belmiro. Por outro lado, a Ponte Preta vive situação crítica, com 26 pontos, na zona de rebaixamento. Penúltima colocada, a equipe campineira tentará a reação diante do Coritiba, também na quarta, mas às 21 horas, em casa.

De volta após quatro jogos afastado, por conta de uma lesão muscular na panturrilha direita, Montillo foi o dono do jogo e mostrou que o Santos vinha sentindo sua falta. O time da casa abriu 2 a 0 e parecia controlar o jogo, mas após a expulsão de Cicinho viu a Ponte Preta diminuir, com Rafael Ratão, e, por pouco, não levou o empate.

O JOGO

Mesmo atuando fora de casa quem começou indo para cima foi a Ponte Preta. Logo no primeiro minuto, após lance confuso, Diego Sacoman teve a chance de abrir o placar ao passar por Aranha, mas ficou sem ângulo e foi travado. Aos 13 minutos, Elias tentou em finalização colocada, mas o goleiro santista ficou com a bola.

O Santos ficava mais com a bola, mas não criava grandes oportunidades. A exceção foi aos 28 minutos, quando Thiago Ribeiro tentou resolver sozinho e bateu de fora, perto do gol de Roberto. Mas a Ponte era mais incisiva e quase marcou quando Fellipe Bastos bateu escanteio na cabeça de Ferron. Aranha mostrou reflexo e espalmou.

Sem criar grandes oportunidades pelo chão, o Santos tentou responder na mesma moeda. Aos 36 minutos, Montillo fez bela jogada pela esquerda e colocou na cabeça de Gustavo Henrique, que tocou por cima, rente ao travessão. E seria pelo alto que o time da casa abriria o placar. Aos 45 minutos, Montillo colocou a bola para a área, Everton Costa apareceu bem atrás da zaga e desviou de cabeça para marcar.

SEGUNDO TEMPO

A Ponte voltou para o segundo tempo indo para cima, buscando o empate. E levou perigo duas vezes antes dos primeiros cinco minutos, ambas em chutes de Fellipe Bastos. No primeiros, Aranha espalmou. No segundo, em cobrança de falta, a bola passou rente ao travessão.

Mas aos poucos o Santos conseguiu diminuir o ímpeto do adversário e passou a controlar a partida. Aos 21 minutos, Cicinho quase marcou em chute cruzado, mas foi aos 24 que o time da casa ampliou, e com um golaço. Arouca roubou no meio de campo e tocou para Cícero, que deu chapéu em um marcador, passou por outro e rolou para Montillo. De frente para Roberto, o argentino deu um toquinho por cima do goleiro e empurrou para a rede.

A Ponte Preta ainda tentou uma reação no final. Fellipe Bastos, novamente em cobrança de falta, parou em Aranha. Aos 31, Régis fez grande jogada pela direita e rolou para William, que só não marcou porque Cicinho se atirou na bola e bloqueou. O próprio Cicinho, no entanto, seria expulso pouco depois por demorar para bater o lateral. Com um a mais, o time campineiro ainda conseguiu diminuir com Rafael Ratão. No fim, William perdeu grande chance para empatar.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 2 X 1 PONTE PRETA

SANTOS - Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Emerson; Alison (Alan Santos), Arouca, Cícero e Montillo (Leandrinho); Everton Costa (Victor Andrade) e Thiago Ribeiro. Técnico: Claudinei Oliveira.

PONTE PRETA - Roberto; Régis, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Alef (Leonardo), Fellipe Bastos e Elias (Adrianinho); Rildo (Rafael Ratão) e William. Técnico: Jorginho.

GOL - Everton Costa, aos 45 minutos do primeiro tempo. Montillo, aos 24, e Rafael Ratão, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido de Souza (SP).

CARTÕES AMARELOS - Alison, Cicinho, Leandrinho (Santos); Elias, Ferron (Ponte Preta).

CARTÃO VERMELHO - Cicinho (Santos).

RENDA - não disponível.

PÚBLICO - 7.230 pagantes (8.607 total).

LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.