Pedro Ernesto Guerra/Divulgação
Pedro Ernesto Guerra/Divulgação

Santos levará mais 100 refugiados sírios para jogo da Copa do Brasil

Clube já havia feito ação em vitória sobre o Inter no Brasileiro

Estadão Conteúdo

30 de setembro de 2015 | 18h28

A diretoria do Santos vai levar mais 100 refugiados sírios a um jogo do time. Desta vez, eles assistirão à partida contra o Figueirense, nesta quinta-feira, pelas quartas de final da Copa do Brasil, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. O Santos joga por um empate para avançar às semifinais.

No fim de semana, o clube já havia convidado outros 100 refugiados ao duelo contra o Internacional, na manhã de domingo, na Vila Belmiro. Novamente a ação faz parte de parceria com a ONG Oásis Solidário.

No confronto decisivo desta quinta, a ONG vai escolher uma criança para entrar em campo acompanhado do capitão do time, o atacante Ricardo Oliveira. Com estas ações, o Santos espera aumentar sua participação em causas sociais. No ano passado, o Santos apoiou a Unicef em uma campanha para crianças portadoras de necessidades especiais.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCrefugiadossírios

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.