Santos FC
Santos FC

Santos lucra menos de R$ 100 mil pelo 3º jogo seguido na Vila Belmiro

Apesar de se manter no topo da tabela durante quase todo Brasileirão, torcedores não aparecem nos jogos em Santos

Leandro Silveira, Estadão Conteúdo

05 de novembro de 2019 | 08h51

A goleada por 4 a 1 sobre o Botafogo, domingo, na Vila Belmiro, deixou o Santos ainda mais perto da classificação à Copa Libertadores, mas rendeu baixa arrecadação. Com 7.524 torcedores presentes, o clube teve renda líquida inferior a R$ 100 mil pelo terceiro jogo consecutivo no seu estádio.

Esse público provocou uma arrecadação de R$ 295.827,50, com um ingresso médio de R$ 39,32. O Santos, porém, teve despesas de R$ 162.918,78 e uma dedução de R$ 48.705,00, de acordo com o borderô divulgado no site oficial da CBF. Com isso, a receita líquida de R$ 84.203,72.

Com isso, o duelo com o Botafogo é o terceiro consecutivo em que o Santos fatura menos de R$ 100 mil. Não à toa, nenhum desses compromissos encheu a Vila Belmiro, com públicos inferiores a 8 mil pessoas. Foi assim também nos triunfos sobre o Ceará, com 7.804 pessoas e renda líquida de R$ 96 mil, e diante do Bahia, naquele em que a equipe teve o seu pior público como mandante na temporada - 5.634 - e lucro de apenas R$ 15 mil.

A baixa arrecadação contrasta com o bom momento do Santos como mandante no Brasileirão, tanto que o time venceu os últimos cinco duelos que disputou em casa. Agora, porém, será visitante em seus dois próximos compromissos no torneio, diante de Avaí, quarta-feira, na Ressacada, e Goiás, sábado, no Serra Dourada.

O jogo contra o Botafogo foi o 15º como mandante do Santos no Brasileirão. Teve o quarto pior público do time na competição e a quinta pior renda bruta. E entre as 14 partidas em que o time teve lucro nas bilheterias, essa foi a quarta menor.

Confira os públicos e rendas do Santos nos seus jogos como mandante no Brasileirão:

02/05 - Santos 2 x 1 Fluminense - 10.564 - R$ 294.075 (R$ 94.788,01)

12/05 - Santos 3 x 0 Vasco - 11.411 - R$ 343.355 (- R$ 19.561,51)

26/05 - Santos 0 x 0 Internacional - 12.756 - R$ 479.440 (R$ 245.969,41)

09/06 - Santos 3 x 1 Atlético-MG - 5.794 - R$ 199.730 (R$ 5.000,45)

12/06 - Santos 1 x 0 Corinthians - 11.831 - R$ 438.955 (R$ 212.558,51)

28/07 - Santos 3 x 1 Avaí - 12.787 - R$ 461.520 (R$ 234.276,99)

04/08 - Santos 6 x 1 Goiás - 13.462 - R$ 510.020 (R$ 284.042,55)

25/08 - Santos 3 x 3 Fortaleza - 12.515 - R$ 434.275 (R$ 227.352,95)

08/09 - Santos 1 x 1 Athletico-PR - 12.589 - R$ 476.930 (R$ 256.422,19)

21/09 - Santos 0 x 3 Grêmio - 10.898 - R$ 476.877 (R$ 251.557,46)

29/09 - Santos 2 x 0 CSA - 6.615 - R$ 263.080 (R$ 61.324,63)

09/10 - Santos 2 x 0 Palmeiras - 11.408 - R$ 592.000,00(R$ 340.536,41)

17/10 - Santos 2 x 1 Ceará - 7.804 - R$ 305.445,00 (R$ 96.167,12)

31/10 - Santos 1 x 0 Bahia - 5.634 - R$ 209.580,00 (R$ 15.162,24)

03/11 - Santos 4 x 1 Botafogo - 7.524 - R$ 295.827,50 (R$ 84.203,72)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.