Santos luta para manter regularidade

Santos e Atlético-PR voltam a se enfrentar às 18h10 deste sábado, na Vila Belmiro. Os dois times fizeram ano passado uma disputa ponto a ponto e o Santos acabou sendo o campeão brasileiro. No atual campeonato, os santistas venceram as duas partidas disputadas até aqui, enquanto os paranaenses foram derrotados duas vezes. "Todo mundo sabe que a disputa foi muito acirrada e o adversário não está bem na competição", disse o centroavante Deivid, que completa seu raciocínio: "mas eles vão ter o retorno de vários titulares e será uma partida daquela que gostamos de jogar, muito equilibrada, e que o melhor vença". O capitão Ricardinho comenta que é uma outra competição. "No ano passado, foi importante pela conquista e pela disputa que tivemos com o Atlético até o final do campeonato, mas agora é outra competição". O meia acha que o torneio está ainda muito no início para ficar fazendo projeções. "Independente do posicionamento do adversário, vamos ter de jogar com muita seriedade para ter uma continuidade de bons resultados", disse, lembrando que o Santos está invicto há nove jogos. Ricardinho entende que é preciso manter a regularidade no campeonato de pontos corridos. "Essa é a palavra chave e temos de manter a regularidade durante toda a competição para chegar ao título". Como o Santos iniciou a disputa dessa forma, ele acha que é preciso dar continuidade a essa boa fase. O jogo deste sábado será o primeiro disputado pelo Santos em sua casa, a Vila Belmiro. Na estréia, os santistas tiveram de cumprir interdição do estádio e levaram o jogo contra o Paysandu para o Anacleto Campanella. "É muito bom voltar a jogar em casa, ao lado de nossa torcida, e espero que os torcedores compareçam em grande número", destacou o atacante Robinho. Para ele, o Atlético deve jogar retrancado, com a maioria dos times que atuam na Vila Belmiro. "Temos de marcar bem o time deles e ter tranqüilidade para jogar e se eles vierem fechados, temos de jogar pelas laterais, procurar tocar a bola e ter paciência também, não só nós jogadores como os torcedores também e no mais é jogar nosso futebol para vencer essa partida", disse Robinho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.