Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Santos luta para ficar no G-4 e melhorar campanha de visitante

Time do Dorival só venceu uma fora de casa no Brasileirão

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

24 de outubro de 2015 | 08h00

O Santos tem dois objetivos muito claros para a partida contra o Figueirense, em Florianópolis, neste sábado.  O primeiro é defender a posição G-4. Dono da última vaga na Libertadores do ano que vem, o time santista tem apenas 

um ponto de vantagem sobre o Palmeiras (49 a 48).

Mesmo com a boa vitória sobre o São Paulo, na Copa do Brasil, e a grande possibilidade de avançar e final, o técnico Dorival Junior reafirma o foco nas duas competições. “Não priorizo nada. Vamos buscar as duas competições”, disse o treinador. 

O segundo objetivo do Santos no estádio Orlando Scarpelli é melhorar a campanha como visitante. Dos 49 pontos, 41 foram conquistados na Vila Belmiro, números que mostram a segunda pior campanha longe de seus domínios, só atrás do Joinville. 

Para se ter ideia da diferença de desempenho, o Santos soma 13 vitórias seguidas na Vila, no Brasileirão e na Copa do Brasil. Por outro lado, soma apenas uma como visitante no Brasileirão. O triunfo foi diante do Cruzeiro, por 1 a 0, gol de Ricardo Oliveira. “A equipe ainda não apresenta o mesmo desempenho dentro e fora de casa”, reconhece o técnico Dorival Junior. 

Preocupado com o vazamento de informações, Dorival Junior fez um treino fechado ontem, mas a base deverá ser a mesma que venceu o São Paulo, pela Copa do Brasil. Werley deve sair para a entrada de Gustavo Henrique e Thiago Maia, com lesão muscular, deve dar o lugar para Ledesma.

A principal novidade da lista de relacionados foi a presença do volante Alison, que voltou a ser  convocado após oito meses. Ele está afastado desde fevereiro, quando rompeu o ligamento do joelho direito e foi submetido a uma cirurgia de reconstrução, a terceira na carreira. 


Tudo o que sabemos sobre:
FutebolBrasileirãoSantos FCDorival

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.