Santos marca no fim e vence Grêmio na Vila Belmiro

O Santos sofreu, mas conseguiu voltar a vencer dentro da Vila Belmiro pelo Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira, ao derrotar o Grêmio, por 1 a 0, pela 20.ª rodada, a primeira do segundo turno da competição. Paulo Henrique Lima garantiu a vitória santista ao marcar o único gol da partida aos 35 minutos do segundo tempo.

ANDRÉ RIGUE, Agencia Estado

19 de agosto de 2009 | 21h51

Com este resultado, o time paulista chegou aos 28 pontos, se mantendo na metade da tabela, após completar o seu quinto jogo sem derrota. Já o Grêmio, também com 28, aumentou o ingrato jejum sem vitórias fora do Estádio Olímpico e segue sem vencer longe de sua torcida (10 partidas).

Nesta quarta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo não teve muitos problemas para escalar o Santos. Apenas Léo continuou fora - Pará começou na lateral-esquerda. Já Paulo Autuori não contou com o atacante Maxi López, um dos principais jogadores do Grêmio na temporada.

Os dois times entraram em campo empolgados, dispostos a iniciar uma nova fase nesse segundo turno do Brasileiro. A motivação, porém, não se refletiu dentro de campo: Santos e Grêmio fizeram um primeiro tempo frio.

Na etapa inicial, a torcida santista se agitou apenas duas vezes nas arquibancadas. Na primeira delas, aos 31 minutos, o grito de gol até que saiu, mas durou pouco. Madson cruzou na área e Germano desviou de cabeça para o fundo das redes. O volante chegou a comemorar o gol, mas o árbitro André Luiz de Freitas anulou equivocadamente a jogada por impedimento.

Na segunda vez que os santistas levantaram, ouviram-se vaias na Vila Belmiro, todas para Kléber Pereira. Aos 35 minutos, Paulo Henrique cruzou na boca do gol. Rafael Marques cortou mal e acertou a trave. No rebote, o artilheiro do Santos no Brasileirão falhou feio e mandou a bola para fora.

Apesar das críticas sobre Kléber Pereira, Luxemburgo manteve o atacante. No retorno para o segundo tempo, o treinador tirou Pará e Germano e colocou Triguinho e Neymar, respectivamente.

Logo aos 6 minutos, o jovem atacante passou por dois marcadores, invadiu a área e bateu cruzado. O goleiro Victor, um dos melhores do Brasileirão, caiu com segurança e pegou o chute.

O Santos não demonstrou muita evolução ao longo do segundo tempo, mesmo assim conseguiu chegar à vitória no final. Aos 35 minutos, George Lucas cruzou na medida para Paulo Henrique Lima cabecear para o fundo do gol de Victor.

Na próxima rodada, o Santos vai visitar o vice-líder Goiás no Serra Dourada, no domingo. O Grêmio receberá o Atlético-MG no Olímpico no mesmo dia.

Ficha Técnica:

Santos 1 x 0 Grêmio

Santos - Felipe; George Lucas, Fabão, Eli Sabiá e Pará (Triguinho); Rodrigo Mancha, Germano (Neymar), Rodrigo Souto e Paulo Henrique Lima; Madson (Robson) e Kléber Pereira. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Grêmio - Victor; Mário Fernandes, Léo (Joílson), Rafael Marques e Bruno Collaço; Réver, Adílson, Tcheco (Thiego) e Souza; Jonas (Douglas Costa) e Perea. Técnico: Paulo Autuori.

Gol - Paulo Henrique Lima, aos 35 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Eli Sabiá, Robson (Santos); Adílson e Jonas (Grêmio).

Cartão vermelho - Rafael Marques (Grêmio).

Árbitro - André Luiz de Freitas Castro (GO).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.