Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

Santos mira vice-campeonato nacional e despedida em grande estilo contra o Avaí

Equipe precisa conquistar a vitória e torcer contra Grêmio e Palmeiras para garantir a segunda colocação

Estadao Conteudo

03 de dezembro de 2017 | 06h54

Depois de assegurar a sua classificação à fase de grupos da Copa Libertadores, o Santos se despede neste domingo da temporada contra o Avaí, às 17 horas, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, pela 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro, buscando o vice-campeonato e uma atuação convincente frente ao seu torcedor.

+ Com Jean Mota, Elano relaciona 21 jogadores no Santos para encarar o Avaí

Em quarto lugar com 62 pontos, os mesmos do terceiro Grêmio e um atrás do segundo Palmeiras, o Santos precisa vencer neste domingo e torcer pelo tropeço dos adversários para ser vice-campeão. O time gaúcho poupará até os reservas diante do Atlético Mineiro, em Belo Horizonte, enquanto que o paulista encara o Atlético Paranaense, em Curitiba.

E, tão importante quanto a posição, é a premiação: o vice recebe pouco mais de R$ 11 milhões, enquanto que o quarto colocado ganha menos de R$ 6 milhões. Um estímulo fundamental para um clube que vem sofrendo com problemas financeiros.

Além da premiação, o elenco garante estar motivado para encerrar o ano em grande estilo na Vila Belmiro, algo pouco corriqueiro nas últimas rodadas. Embora tenha vencido o Grêmio na última partida em Santos, a equipe vem de atuações pouco convincentes no estádio.

"Estou muito feliz, o time cumpriu o objetivo de chegar à Libertadores de 2018. Agora temos que encerrar o Brasileiro com uma boa atuação diante da nossa torcida na Vila Belmiro. Espero que possamos fazer uma grande partida", apontou o atacante colombiano Copete.

O Santos, porém, tem alguns importantes desfalques. É o caso de Alison e Ricardo Oliveira, que estão suspensos e serão substituídos por Matheus Jesus e Kayke. "O Kayke vai jogar porque é o substituto. Foi assim dentro do ano. Ele foi um dos caras que foi extremamente importante", elogiou o técnico interino Elano. "Desde que assumi, o Kayke me ajuda. Não seria coerente tirar ele agora".

Outra possível ausência é a de Jean Mota, após sentir dores nas costas no treino da última quinta-feira. Copete pode ser improvisado na lateral esquerda e, assim, Arthur Gomes voltaria ao time titular. Promovido do sub-20, Emerson também é candidato à vaga.

"Tenho de esperar para ver a situação do Jean Mota e definir o time. O Emerson, do sub-20, está treinando com a gente. Copete também já fez a função, mas não tenho receio de colocar os meninos", complementou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.