Ivan Storti / Santos
Ivan Storti / Santos

Santos mira vitória em Santa Catarina para iniciar retomada na temporada

Ainda sem treinador, equipe alvinegra junta os casos da eliminação da Copa do Brasil para tentar superar o Avaí na Ressacada

Toni Assis, especial para o Estadão

16 de julho de 2022 | 05h00

O Santos viaja até Florianópolis para enfrentar o Avaí neste sábado, às 19h, no estádio da Ressacada, pelo Brasileirão, com a missão de juntar os cacos da eliminação da Copa do Brasil a fim de vislumbrar, pelo menos, uma vaga direta na Libertadores do ano que vem para tentar dar sentido ao que resta da temporada 2022. Além do momento de crise, o elenco tem ainda um outro desafio: buscar um resultado positivo no Sul sem ainda ter um treinador efetivo para o lugar do argentino Fabián Bustos.

Um dos jogadores mais experiente do elenco, o lateral Madson disse que este momento delicado precisa trazer lições aos seus companheiros. "Pra tudo na vida tem um aprendizado. A desclassificação (Copa do Brasil) foi pesada principalmente pela primeira partida contra o Corinthians (quando o time foi goleado por 4 a 0 no jogo de ida das oitavas de final). Mas temos de esquecer, saber que a temporada continua e que temos objetivos a cumprir", afirmou o jogador.

Além da desclassificação da Copa do Brasil, o Santos acumulou outro golpe recente com a queda na Sul-Americana. Mesmo diante de duas eliminações importante, Madson  alertou a importância da equipe reagir. "Temos condições de buscar a vaga na Libertadores, que é fundamental para o Santos. Para isso é necessário focar e dar sequência no Brasileiro. Estamos vindo de duas vitórias, sem tomar gols nos últimos dois jogos. Descansar e pensar no Avaí para conquistar os três pontos", comentou o lateral.

Em oitavo lugar no Brasileiro, a equipe da Vila Belmiro tem 22 pontos e está a oito do líder Palmeiras. Para iniciar essa retomada na Ressacada, o Santos precisa também mudar o seu perfil como visitante. Em sete jogos fora de seus domínios, o Santos venceu apenas o Juventude. Nos outros seis compromissos, foram quatro empates e duas derrotas.

"Não temos um bom desempenho fora de casa,  mas temos de mudar isso. O grupo é forte, temos jogadores qualificados e que estão para ajudar o Santos. Cada jogo nos entregamos ao máximo. Agora é melhorar o retrospecto fora de casa e isso tem que começar contra o Avaí na Ressacada", comentou Madson.

Para a partida contra os catarinenses, o técnico interino Marcelo Fernandes tem duas baixas importantes. O zagueiro Maicon sentiu uma lesão na panturrilha. Já o volante Rodrigo Fernández reclamou de dores musculares na coxa esquerda. Assim, Luiz Felipe forma a zaga com Eduardo Bauermann enquanto Camacho entra no meio-campo.

Seriamente ameaçado pela zona de rebaixamento, o Avaí entra em campo com a missão de se reabilitar de forma urgente na competição. Nós últimos quatros jogos, os mandantes somarama apenas um ponto. O reflexo dessa campanha ruim é a décima sexta colocação no Campeonato Nacional com 18 pontos.

Eduardo Barroca conta com o apoio da sua torcida torcida para tentar reverter o quadro diante do Santos e aposta em uma marcação por pressão desde o início do duelo. Nos treinos da semana, o treinador deu ênfase à finalização, movimentações ofensivas e ainda as jogadas de bola parada. O zagueiro Bressão deve ser a novidade no time. Já os atacantes Muriqui e Morato seguem no departamento médico e têm remotas chances de entrar em campo.   

 

FICHA TÉCNICA:

AVAÍ x SANTOS

AVAÍ - Vladimir; Kevin, Bressan, Rafael Vaz e Bruno Cortez; Raniele, Bruno Silva, Eduardo e Jean Pyerre; William Pottker e Bissoli. Técnico: Eduardo Barroca.

SANTOS - João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Eduardo Bauermann e Felipe Jonatan; Camacho, Vinícius Zanocelo e Carlos Sánchez (Ângelo); Léo Baptistão, Marcos Leonardo e Lucas Braga. Técnico: Marcelo Fernandes (interino).

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Júnior (PR).

HORÁRIO - 19h.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

TRANSMISSÃO - Premiere.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.