Santos muda esquema de marcação para evitar gol de bola aérea

Capitão Edu Dracena, recuperado, começará o jogo como titular, no lugar do zagueiro David Braz, suspenso pelo terceiro cartão amarelo

SANCHES FILHO, O Estado de S. Paulo

15 de agosto de 2014 | 19h13

O Santos muda a zaga e a marcação nos lances de bola alta em cobranças de escanteios e faltas perto da área contra o Cruzeiro, domingo, no Mineirão. O capitão Edu Dracena, que sofreu a quarta cirurgia no joelho - a segunda no esquerdo - em 15 de janeiro, estreou na temporada ao entrar aos 7 minutos do segundo tempo diante do Londrina, quinta-feira, pela Copa do Brasil, na Vila Belmiro, e começará o jogo como titular, no lugar de David Braz (suspenso pelo terceiro amarelo), formando dupla com Bruno Uvini.

"Depois das duas derrotas, ficou resolvido que vamos marcar o homem e não a bola", disse Edu Dracena, que participou de um treino de dois toques em campo reduzido, nesta sexta-feira, no CT Rei Pelé. "Antes das cobranças, cada um já saberá quem terá de marcar. Mas isso não quer dizer que não vamos mais sofrer gols em bolas altas porque às vezes o mérito é de quem faz."

Outra mudança em relação do time do clássico de domingo passado, contra o Corinthians, será a substituição de Alison, que cumprirá suspensão por ter sido expulso, por Alan Santos. O time para enfrentar o líder do Campeonato Brasileiro terá Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Bruno Uvini e Mena; Alan Santos, Arouca e Lucas Lima; Thiago Ribeiro, Leandro Damião e Robinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.