Santos muda time para pegar Figueirense

O lateral-direito Marco Aurélio deverá ser a principal novidade no time do Santos que enfrenta amanhã o líder do Campeonato Brasileiro, o Figueirense, às 21h45, em Florianópolis. Leão ainda não confirmou o time, mas colocou Paulo César na equipe reserva, num sinal de que ele está perdendo a condição de titular. Como Renato está na seleção, Paulo Almeida será escalado como primeiro volante, enquanto Claiton fará a função de Renato. André Luís, que cumpriu suspensão automática, tem retorno garantido para essa partida. O técnico Emerson Leão, porém, não quis divulgar a equipe. "As alterações não estão definidas", disse ele, explicando que Marco Aurélio "vem dando conta do recado todas as vezes que foi chamado". Quanto a Paulo Almeida, disse que "todos já conhecem seu perfil" e concluiu que essas mudanças podem ocorrer no jogo de amanhã". Os dois jogadores treinaram na equipe principal durante o coletivo e o treinador está procurando fechar mais o meio-de-campo para evitar supresas em Florianópolis. Quanto a partida, Leão prevê dificuldades em Santa Catarina e disse que este poderá ser um confronto perigoso por ser disputado no Orlando Scarpelli, "um posto de felicidade deles e nós somos visitantes. Por isso, acha que o Santos tem de jogar de uma maneira inteligente. E lembrou que sempre aparece um adversário perigoso num campeonato. "E o Figueirense está se pronunciando como esse tipo de adversário"." Leão ressaltou ainda a importância para a equipe de vencer fora de casa para não depender de resultados no decorrer no campeonato. "O Santos tem que entrar de acordo com sua necessidade. Perder o menor número de pontos fora de casa e vencer dentro de da Vila. É com esta finalidade que vamos para lá".Mudanças - André Luís foi expulso na partida contra o Paraná, cumpriu suspensão contra o Botafogo e está pronto para voltar ao time. Ele revelou que está confiante nesse regresso e aposta na tranqüilidade da equipe para sair coma vitória. "Devemos marcar certinho, ter atenção para que não aconteça o que ocorreu contra o Paraná. Vamos jogar de igual para igual com eles." Claiton, que desempenhará a função de Renato no meio-de-campo, diz que a maior dificuldade para os santistas será a motivação do Figueirense em jogar contra o Santos. "Só por jogar contra nós eles já vão estar motivados; é só manter a tranqüilidade para buscarmos a vitória". Em relação a sua entrada na equipe, Claiton não quis fazer comparações com Renato. "Eu sou um jogador que não tem a mesma técnica que o Renato, mas meu preparo físico é bom e consigo chegar lá na frente e voltar com rapidez". Para o volante, com a entrada de Paulo Almeida, o Santos vai ganhar na marcação. Contratações - A respeito da chegada de novos jogadores ainda para o Campeonato Brasileiro o nome que surgiu na Vila Belmiro foi do zagueiro Cris, do Cruzeiro. A situação complicada que o atleta vive em Belo Horizonte, depois de brigar com o goleiro Eduardo, do Atletico-MG, e estar sendo ameaçado de morte poderá facilitar sua vinda para o Santos. Para leão, seria uma ótima aquisição. "Vale lembrar que eu o levei para a Seleção Brasileira e se trata de um grande jogador em uma posição que estamos precisando". E concluiu: "Nós precisamos de peças de reposição".

Agencia Estado,

27 de abril de 2004 | 18h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.