Santos multa Dodô por indisciplina

A diretoria do Santos considerou a recusa de Dodô em participar do coletivo de terça-feira um ato de indisciplina grave e aplicou uma multa ao jogador, cujo valor não foi revelado. O atacante participou de uma reunião com os dirigentes, o técnico Geninho e o gerente de futebol, Luiz Henrique de Menezes, e acabou se desculpando com o treinador, que o reintegrou ao elenco. Resta agora ao jogador trabalhar para reconquistar a condição de titular, tarefa que foi dificultada com a boa atuação de Rodrigão na goleada de 5 a 1 sobre a Anapolina.Geninho ainda não definiu o time que enfrentará a Ponte Preta, sábado, em Campinas, mas é provável que mantenha Rodrigão na equipe. O atacante foi o jogador mais requisitado nesta quinta-feira, principalmente pelo gol de letra que abriu a goleada. "A bola estava um pouco atrás e a única maneira que tinha de marcar era com o calcanhar", comentou. E gols bonitos têm surgido nos momentos mais importantes desse jogador, revelado em Vila Belmiro. Ele lembra que fez um gol de bicicleta durante a peneira de seleção anos atrás. "Foi com ele que consegui minha chance no time".Rodrigão ainda não sabe se irá jogar contra a Ponte Preta, já que Dodô foi reintegrado ao time. "A vontade é de permanecer na equipe, mas se o professor Geninho optar por outro jogador, tenho que entender que sempre é sempre para o bem do clube". O atacante acha que o time precisa de uma vitória em Campinas. "A goleada deu um ânimo maior, mas a equipe precisa repetir a boa atuação porque precisa se reabilitar no Paulista, uma vez que vem de três derrotas consecutivas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.