Santos não deve ter mais reforços no primeiro semestre

À exceção de Léo, que pode vir, time dificilmente terá mais novidades para o Paulistão e a Copa do Brasil

MILTON PAZZI JR., estadao.com.br

19 de janeiro de 2009 | 09h03

Fábio Costa; Luizinho, Domingos, Adaílton e Kléber (ou Triguinho); Roberto Brum, Rodrigo Souto, Lúcio Flávio e Madson; Roni (Bolaños) e Kléber Pereira. É este o time que o torcedor do Santos já pode decorar e esperar para ver em campo, já contra o Guaratinguetá, quinta, na estreia no Paulistão. Dificilmente haverá mudanças. É assim que sinalizam tanto o técnico Márcio Fernandes quando o presidente Marcelo Teixeira.Veja também:Kléber Pereira sonha com artilharia, mas quer títuloTécnico se empolga com desempenho dos titulares do SantosZagueiro Fabão pede para não jogar e deve sair do SantosKléber e Léo podem defender juntos o Santos em 2009Santos, com reforços, ganha da Portuguesa Santista por 2 a 1Confira as novidades do mercado do futebol Paulistão 2009 - Tabela Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoO motivo para isso? Dinheiro, claro. E também há uma satisfação de todos com as opções para o time. O único reforço que pode chegar ainda é o lateral-esquerdo Léo, ex-Benfica, que negocia. E quem pode sair é Kleber, para o Exterior - sua preferência - ou o Internacional. Esta seria uma troca simples. Fora isso, qualquer outro reforço é difícil."A possibilidade de reforços nunca se fecha no Santos. Já fizemos a maior parte das contratações, vamos ficar atentos ao mercado, mas acho difícil algo mais", explica Marcelo Teixeira. Já sabendo disso, Fernandes adianta como será o time neste começo de Estadual. "Temos opções com Bolaños, Fabiano Eller, mas à princípio a base é essa aí que começou jogando", diz, sobre o amistoso deste domingo, vitória por 2 a 1 sobre a Portuguesa Santista, no Pacaembu.O técnico santista não quer comentar a possibilidade de contar com um novo lateral. "Ninguém me disse que o Léo foi contratado ou que o Kléber saiu. Hoje, a princípio, conto com o Kléber. Se ele sair, aí pensamos numa opção, que pode ser o Léo. Reitero, pode ser o Léo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.