Santos não pode vacilar, diz Renato

O meia Renato garantiu dois resultados para o Santos nas últimas partidas. No clássico contra o Palmeiras, tirou a bola em cima da risca, evitando o gol de empate, num momento que o adversário vinha crescendo e poderia virar o resultado. No sábado, foi ele quem acabou com o sufoco que o time vinha sofrendo por parte da Matonense, que chegara ao empate depois de estar perdendo de 4 a 0. Foi dele o gol que deu a vitória aos santistas. "A gente vacilou e podíamos ter perdido, mas conseguimos o quinto gol logo e saímos com a vitória", disse Renato. Ele entende que foi uma advertência importante, principalmente num momento em que seu time não pode mais perder e vai enfrentar adversários que lutam para fugir ao rebaixamento ou com aqueles que têm chance de classificação. "Vai ser difícil e cada jogo passa a ser uma decisão".Renato está concentrado apenas no jogo contra o Bahia, pela Copa do Brasil, mas um bom resultado poderá dar um descanso para o time. "É um adversário muito forte, mas temos que buscar um resultado que possa facilitar o jogo de volta na Vila Belmiro e, se der, eliminar essa partida com uma vitória com diferença de mais de dois gols, o que dará mais tranqüilidade para a gente disputar a vaga no Paulista".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.