Santos FC
Santos FC

Santos não teme que Palmeiras atravesse negociação com Gustavo Henrique

Presidente do clube alvinegro, José Carlos Peres aposta na amizade com o presidente alviverde, Mauricio Galiotte, e diz que tem nova reunião marcada para tentar renovar com o zagueiro

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

22 de outubro de 2019 | 15h39

O presidente do Santos, José Carlos Peres, disse não temer que o Palmeiras atravesse a negociação com o zagueiro Gustavo Henrique. O dirigente alvinegro disse apostar na "amizade" entre os clubes.

Gustavo Henrique tem contrato apenas até janeiro de 2020 e já indicou que deve deixar o Santos. O Estadão publicou na semana passada que o Palmeiras monitora a situação.

"O presidente do Palmeiras (Mauricio Galiotte) é um grande amigo e não tenho nenhuma dúvida de que não vai fazer isso, ele nos consultaria, porque estamos em negociação. Respeitamos os coirmãos de São Paulo, sempre. Se está em negociação, não atravessamos para não prejudicar", afirmou Peres.

Após diversas conversas sem acordo, Peres disse que há um novo encontro marcado entre as partes. "Teremos uma reunião nesta semana para definir de uma vez por todas. O Gustavo Henrique é um Menino da Vila, querido pelo elenco. O Santos gosta muito dele e ele gosta do Santos. Não vamos segurá-lo no caso da Europa, porque ele sonha em jogar lá, é um sonho de todos os jogadores", declarou.

Na semana passada, o próprio Gustavo Henrique indicou que não deve permanecer no Santos na próxima temporada.  "Sempre manifestei meu desejo de jogar um dia na Europa e fui procurado por alguns clubes do Brasil, não abri negociação, esperei o Santos tentar melhorar a proposta (de renovação) ou algo assim. E a partir do momento em que fui chamado para receber a proposta de renovação, eu já estava com a cabeça de que iria sair, porque não havia sido chamado antes. Meu pensamento era ir para a Europa", disse o zagueiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.