Santos não vai desistir, diz Ricardinho

O Santos não desiste. Faltam duas rodadas e o time ainda precisa livrar os dois pontos que o Atlético-PR tem de vantagem para ficar com o título deste ano. E isso está ficando cada vez mais difícil. "O Atlético está tendo a competência de vencer os seus jogos, nós também estamos e o campeonato ainda está aberto", disse o meia Ricardinho, que acredita nas chances dos santistas.Para ele, o objetivo do Santos é continuar fazendo sua parte, isto é, vencendo as partidas. "Se nos prepararmos bem para o jogo contra o São Caetano, respeitar o adversário entendendo que precisamos do resultado, temos condição de vencer e é só nisso que temos de pensar. Vamos continuar nosso trabalho porque se desvia um pouco a atenção, nem realiza a sua obrigação. E isso não dá certo", afirmou Ricardinho.Ricardinho acha que não dá para ficar lamentando pontos perdidos. "Isso não vai nos levar a lugar algum, temos de nos preparar para disputar os seis pontos que, de repente, podem nos dar o título. Lamentar esse ou aquele jogo não vai adiantar, porque eles não voltam mais."Reforço - Vanderlei Luxemburgo terá mais liberdade para montar a equipe para o jogo contra o São Caetano, pois os zagueiros André Luís e Antônio Carlos cumpriram suspensão e poderão retornar ao time. William também cumpriu a punição e deverá ficar no banco. A dúvida ainda é Elano, que teve uma torção no tornozelo dia 14, na partida contra o Goiás, e retornará nesta terça-feira aos treinamentos.O médico Carlos Braga está otimista, embora admita que o jogador ainda não esteja totalmente recuperado da contusão. "Se ele estiver condição, será liberado, mesmo que precise usar uma "botinha", comentou. Luxemburgo também espera a recuperação, mas não sabe se poderá contar com Elano, que está tanto tempo afastado. "Vamos caminhar durante a semana, pois tem muito tempo pela frente".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.