Santos nega ida de Renato para a Europa

Renato no exterior? Essa notícia foi desmentida hoje na Vila Belmiro e os dirigentes do Santos desconhecem qualquer negociação nesse sentido. Mais: esperam contar com o volante para a próxima temporada, mesmo sabendo que será muito difícil cobrir as ofertas que certamente o jogador receberá. Renato tem comentado que pretende ficar na Vila Belmiro, mas não esconde que pode ser transferir para a Europa se houver alguma proposta muito boa. Na verdade, se o jogador tiver que continuar no Brasil dará preferência ao Santos. Ele terá seu passe livre a partir de 31 de dezembro e, nessa nova situação, vai renegociar os valores de seu atual contrato com os santistas. Mas dificilmente haverá como enfrentar o poder financeiros dos europeus. O teto salarial do clube, de R$ 80 mil mensais é o principal problema do clube, que não conseguiu segurar na temporada passada o lateral Maurinho e o centroavante Alberto. Na atual, perdeu os atacantes Ricardo Oliveira e Nenê para o futebol da Europa, por não ter cacife para segurá-los. Com o time fora da disputa do titulo do Brasileiro, as negociações serão intensificadas. Mas há ainda uma semana para que as transações ganhem liberdade plena: é que sábado haverá a eleição para a nova diretoria do clube e a prudência manda esperar mais um pouco até que tudo esteja definido. Mesmo porque o técnico Leão já disse que seu compromisso é com o atual presidente, Marcelo Teixeira, que é candidato à reeleição. Como líder do grupo, o futuro de muitos jogadores passam por essa decisão do treinador. Sua saída pode favorecer a despedidas de muitos atletas que têm jurado fidelidade a Leão e ao trabalho que pretende realizar para a conquista da Libertadores de 2004 e também do campeonato mundial. Se já há alguns entendimentos para a renovação de vários contratos, os santistas procuram reforços para a próxima temporada e os dois nomes mais cotados para atuarem na Vila Belmiro são o atacante Grafite, do Goiás, e o lateral Cicinho, do Atlético-MG. Definição - Os jogadores do Santos retomam os treinamentos na tarde de amanhã e mais uma vez o técnico Leão terá problemas para armar o time: Elano e Fabiano levaram o terceiro cartão amarelo e cumprirão suspensão automática no jogo de domingo contra o Grêmio, na Vila Belmiro. Mas Paulo Almeida e Robinho retornam nessa partida que já não mudará os rumos do campeonato, uma vez que Cruzeiro e Santos já garantiram, respectivamente, os títulos de campeão e vice-campeão do Brasileiro. O time começará a ser definido amanhã e Leão poderá escalar Jerri na meia, substituindo Elano. No comando do ataque, a primeira opção é William, centroavante nato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.