Santos: Novo estádio através de parceria

O Santos está fazendo investimentos na Vila Belmiro para aumentar o conforto e a segurança do torcedor, além de aumentar a capacidade de suas arquibancadas, mas estuda a possibilidade de fazer uma parceria com um grupo empresarial alemão que pretende construir um estádio multiuso na cidade de Diadema (distante 16 quilômetros da capital), com capacidade para 50 mil pessoas.A diretoria recebeu a visita dos empresários no mês passado e o plano é dividir os mandos de jogo entre a Vila Belmiro e o novo estádio, que seria construído já pensando na Copa do Mundo de 2014, que deve ser no Brasil. O projeto ainda não está pronto, mas os dirigentes estão animados com a possibilidade de poder contar com um estádio moderno e perto da capital paulista, onde se concentra grande parte de sua torcida.A idéia de construir um estádio multiuso não é nova e anos atrás Pelé intermediou negociações para uma obra desse tipo em Cubatão (distante 58 quilômetros da capital), mas as conversas não evoluíram e o jeito foi aumentar um pouco as arquibancadas da Vila. Atualmente, novos camarotes estão sendo construídos.A prioridade do Santos, porém, é o investimento nos centros de treinamento. O Rei Pelé acaba de receber um hotel completo, que permitirá a hospedagem dos jogadores nas concentrações e pré-temporadas. Com isso, as instalações estão completas e colocam o time entre os mais bem dotados de infra-estrutura, bem a gosto do técnico Vanderlei Luxemburgo, que está retomando o comando do time.Mas o programa santista prevê a revelação de atletas e um outro CT, que será construído em terreno de propriedade do clube na entrada da cidade. O nome será Meninos da Vila e vai permitir a formação de novos jogadores para reforçar o elenco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.