Santos: novos problemas para Leão

Se fosse em outros tempos, o técnico Emerson Leão iria queimar as pestanas e ficar irritado ao escalar o Santos que enfrenta o Fluminense neste sábado, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro. Mas como o treinador se acostumou à situação difícil que atravessa há quase 20 dias, ele dá um drible na falta de jogadores e não se estressa. "Não vai ser mais complicado do que já está", analisa.Leão de fato demonstra bastante tranquilidade diante dos problemas que se amontoam. Se não bastasse aqueles já existentes, outros surgem a cada dia. Começou com a convocação de quatro atletas para a seleção sub-23. Alex, Paulo Almeida, Robinho e Diego estão no México disputando a Copa de Ouro.Na sequência, o goleiro Fábio Costa e o meio-campista Fabiano foram suspensos por quatro partidas pelo envolvimento na confusão ao término do jogo com o Corinthians. Até agora são seis desfalques.Douglas, centroavante com mais vontade de acertar do que talento, se machucou e só retorna aos treinos semana que vem.Subiu para sete. E finalmente o lateral-direito Reginaldo Araújo, suspenso com três cartões amarelos (recebeu contra a Ponte Preta) não atua contra o Fluminense. A lista se fecha com oito.Por enquanto, pois o atacante William foi convocado para a seleção sub-20 que disputará os Jogos Pan Americanos de Santo Domingo e se apresenta no início da próxima semana. Nesse dia, serão oito os jogadores fora de combate.Com tantas ausências, Leão reconhece que o grupo vem se superando, pois o Santos se mantém em terceiro lugar no campeonato com um jogo a menos em relação às duas equipes à frente - Cruzeiro e São Paulo.O treinador confirmou que a diretoria não pretende reforçar o elenco tão cedo, a ordem é economizar. "Vamos manter os pés no chão".Mas é bom ressaltar que Leão terá à disposição um punhado de jogadores para a reserva diante do Fluminense: Mateus, Rubens Cardoso, Wellington, Sílvio, Júlio César e William. Desses, tira o substituto de Reginaldo Araújo. Sobram cinco para formar o banco.Os jogadores que não atuaram na quarta-feira na vitória de 2 a 1 contra a Ponte Preta treinaram nesta quinta. Os titulares fizeram revisão médica. Leão teve um compromisso em São Paulo e só retorna a Santos nesta sexta.Para orientar um treino-apronto no período da manhã quando definirá o time que enfrenta o Fluminense. Com a suspensão de Reginaldo Araújo, Leão tem um problema para escalar a equipe. Pela lógica , Wellington deveria entrar na lateral-direita. "Mas tenho outras alternativas, vou testar para ver como fica", desconversou.

Agencia Estado,

17 de julho de 2003 | 17h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.