Santos: o alvo é Juninho Paulista

O presidente Marcelo Teixeira anunciou nesta sexta-feira a renovação do contrato de Marcelinho Carioca pelo período de cinco meses. Essa foi a primeira definição quanto ao elenco para a próxima temporada e as negociações com os demais jogadores começam a ser aceleradas com a contratação de João Paulo Medina para a função de gerente-executivo de futebol. Teixeira evitou comentar os entendimentos que o Santos mantém para a contratação de Juninho Paulista, mas as bases salariais já estão sendo discutidas. Com relação a Viola, Teixeira espera resposta do jogador: foi apresentado a ele uma proposta e, caso não seja aceita, o atacante terá seu contrato rescindido. Ao apresentar Medina à imprensa, Teixeira revelou que "o Santos está dando um passo importante no caminho da profissionalização, que trará resultados positivos ao clube". Anunciou também que Cabralzinho será o técnico, fato confirmado por Medina, embora o treinador tenha sido reticente. ?O departamento de futebol agora está nas mãos de João Paulo Medina e ele escolherá o técnico", disse Cabralzinho. A renovação do contrato de Marcelinho Carioca por mais cinco meses revela a política que será adotada pelo Santos no próximo ano. "Os jogadores que não têm o passe vinculado ao clube serão contratados pelo período de cinco meses, pois há ainda indefinição quanto ao calendário". Essa postura revela que os novos contratos visam especificamente o Rio-São Paulo. Há ainda outra inovação que está sendo tentada: a fixação de valores para cada meta atingida pelo profissional, numa espécie de contrato de risco. Marcelo Teixeira revelou que aguardava a chegada do empresário de Marcelinho Carioca para a assinatura do novo contrato. Nesta sexta-feira à tarde, os detalhes foram todos acertados entre o advogado Roberto Alves e o procurador James Arruda. Já em relação ao atacante Viola, sua mulher discutiu quinta-feira a proposta feita pelo Santos, que também prevê desembolso de alguns valores dependendo das metas atingidas. Caso não seja aceita - e isso é o mais provável - o contrato será rescindido imediatamente, para evitar gastos adicionais ao clube. Quanto aos jogadores vinculados ao Santos, a renovação será normal, baseada na avaliação do desempenho de cada um. A comissão técnica estuda a situação de cada um antes de iniciar os entendimentos para a renovação. Marcelo Teixeira revelou que a base do time será mantida e que a equipe continuará contando com atletas renomados e com jogadores revelados na Vila Belmiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.