Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Santos pede à CBF que Rodolpho Toski Marques não apite seus jogos

Árbitro, segundo o clube, tem de ser afastado das competições e passar por um período de reciclagem

Estadão Conteúdo

16 Agosto 2018 | 18h06

O Santos emitiu comunicado nesta quinta-feira para informar que entregará ofício à Comissão de Arbitragem da CBF pedindo que o árbitro Rodolpho Toski Marques não apite mais os jogos do time. Ainda sugeriu que o juiz seja afastado das competições e que passe por um período de reciclagem.

A revolta toda é porque o árbitro encerrou a partida de quarta-feira contra o Cruzeiro pela Copa do Brasil quando o centroavante Gabriel arrancou livre em contra-ataque e poderia ter marcado o gol da classificação do time alvinegro.

O jogo terminou com vitória do Santos por 2 a 1. Como o Cruzeiro havia vencido o primeiro duelo por 1 a 0, a decisão foi para os pênaltis. O goleiro Fábio, então, pegou as três cobranças santistas e garantiu a equipe mineira nas semifinais da competição.

"O Santos Futebol Clube entregará um ofício à Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol nesta quinta-feira (16) manifestando protesto em relação a grosseira prática de antijogo e ausência de bom senso do árbitro Rodolpho Toski Marques na partida de quarta-feira contra o Cruzeiro e que resultou em grave prejuízo desportivo, técnico e financeiro ao clube".

De acordo com a nota, o Santos pedirá uma apuração disciplinar sobre a interrupção pelo árbitro do lance do contra-ataque, que aconteceu "aos 49 minutos da segunda etapa, quando o mesmo árbitro, em agravante, havia sinalizado que a partida transcorreria até os 50 minutos".

Rodolpho Toski Marques encerrou o jogo a quatro segundos dos 50 minutos previstos. O clube paulista acha que o árbitro "foi crucial e decisivo" na definição da classificação do Cruzeiro e pediu que ele "não seja mais escalado para as partidas do Peixe em suas competições, assim como solicita providência da Comissão de Arbitragem para reciclagem do árbitro".

A situação do Santos na temporada é complicada. Além da eliminação na Copa do Brasil, o time alvinegro luta para sair da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A equipe volta a campo no sábado, às 16h, contra o Sport, na Vila Belmiro, pela 19ª rodada da competição nacional.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.