Santos pede redução da pena de Rodrigo Souto até sexta

Volante foi suspenso por dois anos de todas as competições depois de ser flagrado no exame antidoping

Sanches Filho, Especial para O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2008 | 19h16

O Santos vai encaminhar até sexta-feira o recurso ao Tribunal Arbitral do Esporte pedindo a redução da pena de dois anos de suspensão de Rodrigo Souto. O volante foi pego no exame antidoping no jogo contra o San José, da Bolívia, pela Copa Libertadores, e na sexta-feira passada a Fifa estendeu a punição para todas as competições.Veja também: Santos empresta Rodrigo Tabata para o futebol turco Cuca se incomoda com 'fantasma' de Luxa no Santos Santos também convive com desfalques para o clássicoMário Mello, do departamento jurídico santista, e Marcos Mota, advogado especializado em direito esportivo internacional, contratado para trabalhar no caso, estão reunindo documentos para fundamentar o pedido de abrandamento da suspensão. É provável que seja usada como referência a pena de seis meses imposta ao colombiano Lionard Pajoy, do Cúcuta Deportivo, flagrado no antidoping no ano passado. O resultado do seu exame também acusou traços de cocaína.TIMECuca disse nesta terça que vai divulgar a escalação do Santos apenas quando estiver faltando 45 minutos para o início do clássico com o Palmeiras, quinta às 20h30, no Parque Antártica, válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.Com a suspensão de Michael pelo terceiro cartão amarelo, Kléber deve voltar a ser lateral-esquerdo, com a entrada de Dionísio no meio-de-campo. Ele também acena com possibilidade de substituir Cuevas por Maikon Leite no ataque.Já o volante Adriano, denunciado no artigo 253 (agressão) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por falta cometida contra o atacante Diogo, da Portuguesa, foi absolvido por maioria de votos no julgamento desta terça-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.