Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Santos pega Fluminense em busca de reabilitação e para seguir na briga pelo título

Equipe da Baixada Santista reencontra Paulo Henrique Ganso, no Maracanã, às 20h

Redação, Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2019 | 04h30

Após duas derrotas consecutivas - para Flamengo e Grêmio -, o Santos enfrenta o Fluminense, nesta quinta-feira, às 20 horas, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro, com a intenção de se reabilitar e seguir na briga pelo título.

O técnico argentino Jorge Sampaoli não divulgou a escalação da equipe de Vila Belmiro, mas poderá contar com todos os seus jogadores. Inclusive com o retorno do zagueiro Gustavo Henrique, que cumpriu suspensão no último sábado, diante do Grêmio, e fará dupla com Lucas Veríssimo.

Recuperado de um edema na coxa esquerda, sofrido no último dia 8, na partida frente ao Athletico-PR, em Santos, o meia Evandro trabalhou com bola pelo segundo dia seguido e teve o seu nome incluído na lista de relacionados. Uma preocupação de Sampaoli é o setor ofensivo, que passou em branco nos dois últimos jogos. Marinho e o paraguaio Derlis González disputam uma vaga. Eduardo Sasha e o venezuelano Soteldo estão garantidos entre os titulares.

Apesar de ter várias possibilidades para colocar o time em campo, Sampaoli não poderá sentar no banco de reservas, pois está suspenso após receber o terceiro cartão amarelo pela segunda vez na competição. O auxiliar Jorge Desio é quem estará à frente do time no Maracanã.

O técnico argentino comentou o reencontro com Paulo Henrique Ganso, com quem teve alguns problemas de relacionamento quando ambos estavam no Sevilla. "Trabalhei com ele, recomendei sua contratação e respeito muito seu jogo. Quando ele está comprometido, gera coisas diferentes. Sua chegada ao Brasil dá hierarquia ao torneio, pela capacidade. Fluminense não passa um bom momento, mas conta com um jogador capaz, que pode fazer um lance diferente a qualquer momento", disse.

Com a vitória do Flamengo sobre o Internacional, por 3 a 1, na noite desta quarta-feira, no Maracanã, a vantagem do líder em relação ao Santos na tabela subiu para 11 pontos. Vice-líder, com 42 pontos, o Palmeiras também joga nesta quinta e está seis atrás do clube carioca na tabela de classificação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.