Santos perde Alex para o jogo de quarta

O técnico Leão não pretendia poupar seus atletas para o jogo de quarta-feira contra o Jorge Wilstermann, na estréia do que está sendo chamado de "novo Santos", mas não poderá contar com o zagueiro Alex, que sofreu um contusão na coxa direita, passou por uma ultra-sonografia e foi vetado. Com isso, surge a oportunidade de Alcides jogar pela primeira vez como titular, ele que poderá ser o substituto de Alex, que vai para o PSV no segundo semestre. Como Pereira também está contundido, Narciso irá para o banco de reservas. Essa partida marcará o aniversário do clube e o cantor Jair Rodrigues irá cantar o hino santista. No curto coletivo de hoje, deu para perceber o que Leão quer de seu time: o jogo mais coletivo, com forte marcação e grande movimentação no ataque. Isso fez com que Basílio ganhasse a condição de titular. Outra novidade foi o fato de o goleiro Júlio Sérgio treinar no time principal, mas sua volta ao jogo contra o Jorge Wilstermann não foi confirmada pelo treinador. "Foi uma observação do Pedrinho (treinador de goleiros) e eu também tenho o direito de opinar". "Por circunstâncias, temos de modificar a equipe, com a entrada de Alcides e uma movimentação diferente no ataque, e vamos tentar usar esse jogo como um exercício para o futuro", disse Leão, preocupado com a próxima fase da Libertadores da América e o início do Brasileiro. Hoje, Leão disse que não tem como ficar escolhendo o adversário ideal para os próximos jogos pela Libertadores, que pode ser o Cruzeiro, o mexicano Santos Laguna e o LDU. "Se pensarmos em termos de viagem e altitude, o negativo fica com o México e Equador, mas se pensarmos em termos de técnica, fica com o Cruzeiro. Então, não temos o direito de escolher, mesmo porque vai se aproximando uma hora em que todos são iguais". Alcides - O zagueiro Alcides estava alegre hoje, depois da confirmação de que ele será o titular no jogo de quarta. "Vai ser meu primeiro jogo na Vila Belmiro como titular e quero aproveitar essa oportunidade, que é a maior que já tive", disse. Ele tem até julho para provar que tem condições de permanecer na Vila Belmiro e substituir o titular Alex, que vai para o PSV no segundo semestre. "Vou substituir o Alex e acho que vai ter cobrança, como todos são cobrados, mas o grupo e o professor Leão me passam uma certa tranqüilidade para entrar em campo e fazer o que sei, que é jogar futebol". Alcides acha que sua contratação nada teve com a saída anunciada de Alex: "nosso contrato termina na mesma data e não sei se o meu será prorrogado ou não". Alcides espera um desempenho diferente do time em relação ao jogo contra o São Caetano, que causou a desclassificação do Santos. "O time vai procurar uma nova postura e desempenhar um futebol mais eficiente do que na última partida". Sabe que o jogo não mudará a classificação do time, que conquistou antecipadamente o primeiro lugar no grupo. Ao contrário, o time boliviano não tem mais chances de se classificar. "Não estamos preocupados com o fato de o Jorge Wilstermann estar desclassificados, porque só pensamos na vitória", completou. O médico Carlos Braga não quis fazer o prognóstico para o retorno de Alex e Pereira, mas há a possibilidade de eles ficarem à disposição do treinador para o jogo contra o Paraná, dia 21, na estréia do Brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.