Santos perde, mas continua entre os 4 melhores do Brasileiro

Time de Luxemburgo mostra ineficiência no ataque e cai diante do Figueirense por 1 a 0, em Santa Catarina

21 de outubro de 2007 | 20h15

O Santos teve problemas neste domingo em Santa Catarina e foi derrotado pelo Figueirense por 1 a 0, em partida disputada no Estádio Orlando Scarpelli. Mesmo com a derrota, o clube continua no grupo dos quatro melhores do Brasileirão, que se classificarão à Libertadores, uma vez que o Grêmio foi derrotado pelo Flamengo. Veja também:  Classificação Calendário / Resultados O resultado quebrou uma invencibilidade de cinco partidas do clube da Vila Belmiro. A última derrota havia acontecido no dia 22 de setembro, quando o time foi batido pelo Grêmio por 1 a 0. A equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo demonstrou pouco poder ofensivo e teve dificuldades para criar. As jogadas de Figueirense1Wilson   ; Felipe Santana   , Chicão e Asprilla   ; Ruy    (Carlinhos), Cleiton Xavier, Fernandes, Carlinhos e André Santos; Ramon (Frontini) e Jean Carlos (Thiago Gentil) Técnico: Alexandre GalloSantos0Fábio Costa; Alessandro   , Adaílton, Marcelo e Kléber; Adoniran (Moraes), Rodrigo Souto   , Petkovic    e Vítor Júnior (Rodrigo Tabata); Renatinho (Marcos Aurélio   ) e Kléber PereiraTécnico: Vanderlei LuxemburgoGols: Kléber (contra), aos 45 minutos do primeiro tempoÁrbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)Estádio: Orlando Scarpelli, em Florianópolisperigo, geralmente, eram provenientes de bola parada, com Petkovic e Tabata. O atacante Renatinho, por enfeitar muito as jogadas, também perdeu boas oportunidades. A zaga, por sua vez, esteve desatenta, principalmente no setor aéreo, onde o Figueirense viria a marcar o gol da vitória. Ao s 45 minutos da primeira etapa, o lateral André Santos cruzou, Kleber se atrapalhou e acabou colocando a bola dentro das próprias redes. Luxemburgo deu uma bronca no intervalo e colocou Marcos Aurélio e Morais na segunda etapa. Porém, os atacantes também pecaram e facilitaram a vida dos zagueiros do Figueira. O time de Santa Catarina ainda teve chance de ampliar. Aos 24 minutos da etapa final, André Santos acertou outro cruzamento, Chicão desviou de cabeça e acertou a trave, assustando o goleiro Fábio Costa. Agora, o Santos tentará a recuperação diante do Goiás, no próximo sábado, na Vila Belmiro, às 18h10. O clube está na quarta posição do campeonato, com 52 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.