Santos perde o jogo e a liderança

Na estréia do técnico Paulo Bonamigo, o Botafogo derrotou o Santos por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, no estádio de Caio Martins, em Niterói, e ficou muito perto de sair da zona do rebaixamento. O Santos, ao contrário, só tem a lamentar. O time perdeu o jogo e a liderança do Campeonato Brasileiro. O time permanece com 44 pontos, ainda é vice-líder, mas tem a companhia da Ponte Preta, que venceu o Flamengo ( 1 a 0) e chegou ao mesmo número de pontos - perde, no entanto, no critério de saldo de gols. Além de bater o líder, o jogo mostrou que Bonamigo tem estrêla. O treinador recém-chegado reabilitou João Carlos e Jorginho Paulista - os dois que acabaram marcando os gols que definiram o resultado. A partida pôde ser dividida em dois momentos: o primeiro tempo, quando o Santos dominou mas não conseguiu marcar gol, e o segundo, quando o Botafogo reagiu e mostrou objetividade na hora de chegar ao ataque.O Santos teve a maioria das chances de gol no primeiro tempo. No primeiro minuto, Basílio quase abriu o placar com chute de média distância, mas a bola saiu para fora. O time ainda chegaria perto aos 6 minutos, quando Elano cabeceou para Deivid, que ficou sozinho na cara do gol. O atacante errou o chute por cobertura e perdeu a melhor oportunidade do primeiro tempo.O Botafogo tentou aproveitar as poucas chances que apareciam, como uma cabeçada de Almir no chão que Tapia pegou no repique por volta dos 15 minutos. Mas o Santos estava melhor, e quase chegou de novo aos 22 minutos, quando André Luís cobrou falta, que passou pela barreira e exigiu reflexos de Jefferson. O time ainda chegaria com Flávio chutando à queima-roupa para outra defesa do goleiro botafoguense. A equipe de Bonamigo ainda fez última tentativa com Schwenck, de falta, aos 44, mas a bola passou perto do gol.Mas no segundo tempo, o Botafogo voltou mais agressivo e chegou várias vezes ao gol. A primeira vez foi com Valdo chutando da grande área no primeiro minuto. Mas o Santos também atacou e aos 8 minutos Robinho recebeu lançamento e chutou para o gol, que foi anulado por um impedimento bastante contestado. Mas o pior estaria por vir quando João Carlos aproveitou cobrança de falta aos 12 minutos e cabeceou abrindo o placar.A partir do gol, o Botafogo dominou a partida. Boa chance santista, somente aos 23 minutos, quando Robinho recebeu cruzamento pela esquerda e chutou a bola antes de a mesma pingar no chão. Ela passou rente ao gol. Mas o Botafogo estava em dia inspirado e aos 44 minutos, Jorginho Paulista aproveitou cobrança de falta e, sozinho na área, enganou o goleiro Tapia e desviou a bola para aumentar o marcador. Na seqüência, o Santos ainda teria duas grandes oportunidades ao chegar à area, mas Jefferson garantiu o resultado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.