Divulgação/ Santos FC
Divulgação/ Santos FC

Santos perde para Juazeirense, mas avança na Copa do Brasil

Time paulista é derrotado por 2 a 0 na Bahia, mas garante classificação às quartas de final por ter feito 4 a 0 no jogo de ida

João Prata, O Estado de S.Paulo

05 de agosto de 2021 | 21h09

O Santos levou um susto, perdeu da Juazeirense por 2 a 0 nesta quinta-feira, fora de casa, mas garantiu vaga para as quartas de final da Copa do Brasil por ter goleado por 4 a 0 na partida de ida. O sorteio da próxima fase acontecerá nesta sexta-feira na sede da CBF.

Por causa da ampla vantagem do primeiro duelo, o técnico Fernando Diniz mandou a campo um time  misto, preocupado em poupar os titulares para o clássico de domingo contra o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro.

Além do desentrosamento, a equipe do Santos precisou encarar um gramado em péssimas condições em Juazeiro e encontrou muitas dificuldades.  A partida começou bastante truncada e a Juazeirense se sobressaiu na base da força física e das jogadas aéreas. Os visitantes não conseguiam acertar o posicionamento para as bolas alçadas na área e sofreram.

Os dois gols marcados pelo time da casa aconteceram um na sequência do outro. Primeiro Ian aproveitou cruzamento da esquerda e mandou de cabeça para as redes. Três minutos depois, Thauan também foi mais esperto que a zaga santista e cabeceou para ampliar.

Para tenta ajeitar o time e ter mais controle do meio de campo, Fernando Diniz voltou com o volante Jean Mota no lugar do atacante Ângelo, que teve atuação discreta nos 45 minutos iniciais de partida. O treinador também passou a gritar mais com seus jogadores do banco de reservas, pois via que a Juazeirense continuava ditando o ritmo da partida. Nos primeiros minutos, João Paulo fez boa defesa após cabeceio de Wendell.

O Santos seguia preocupado e não tomar mais gols e Diniz aos poucos foi colocando alguns dos titulares em campo. Depois de Jean Mota, Kaiky e Marcos Guilherme entraram para tentar dar mais velocidade nos contra-ataques.

O tempo era favorável ao Santos.  A Juazeirense também sentiu o cansaço. As bolas pararam de chegar na área dos visitantes. Para a equipe de Diniz estava ótimo, pois no agregado ainda venciam por 4 a 2.

Aos 30,  a Juazeirense começou  a ir para o tudo ou nada com a entrada de um meia no lugar de um zagueiro.  Mas o Santos, que tinha começado em campo com quatro titulares, fechou o jogo com oito do time principal em campo e garantiu a classificação para as quartas.

FICHA TÉCNICA:

JUAZEIRENSE 2 X 0 SANTOS

Gols: Ian, aos 24, e Thauan, aos 27 do 1ºT.

Juazeirense: Rodrigo Calaça; Guilherme Lucena (Nino Guerreiro), Jamerson (Júnior Timbó), Wendell e Daniel Nazaré; Waguinho, Patrik e Sapé (Tony Galego); Thauan, Kesley (Waldir) e Ian. Técnico: Carlos Rabello.

Santos: João Paulo; Pará, Vinícius Balieiro (Carlos Sánchez), Wagner Leonardo e Felipe Jonatan; Gabriel Pirani (Marcos Guilherme), Ivonei e Vinícius Zanocelo (Kaiky); Ângelo, Bruno Marques (Lucas Braga) e Marcos Leonardo. Técnico: Fernando Diniz.

Árbitro: Douglas S. da Silva (RS).

Cartões amarelos: Thauan, Patrik, Jamerson, Júnior Timbó, Waldir e Waguinho; Vinicius Zanocelo, Kaiky e Marcos Leonardo.

Local: Adauto Moraes, em Juazeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.