Clayton de Souza/AE
Clayton de Souza/AE

Santos perde pênalti e fica no 0 a 0 com o Grêmio

Mesmo com um a mais, time não consegue por fim à sequência sem vencer no Brasileirão. Já são seis jogos

TERCIO DAVID - estadão.com.br

13 de novembro de 2010 | 21h27

Praticamente apenas cumprindo tabela no Campeonato Brasileiro, o Santos ficou no 0 a 0 diante do Grêmio, na Vila Belmiro, pela 35.ª rodada do torneio, e chega a sua sexta partida seguida sem vencer. Vitor ainda salvou a equipe do Sul ao pegar um pênalti batido por Zé Eduardo no segundo tempo.

Veja também:

BASILEIRÃO - tabela Classificação | lista Resultados

Para o Grêmio, o resultado não foi bom, afinal o time perdeu a chance de encostar no quarto colocado Botafogo, o último eventualmente classificado para a Libertadores. Com o empate, o time do técnico Renato Gaúcho chegou a 54 pontos e segue dois atrás da equipe carioca, que empatou com o Ceará no meio da semana.

Faltando apenas mais três jogos para o encerrar a sua participação no campeonato, o Santos chega a 52 pontos, ainda segue entre os primeiros colocados, mas11 pontos atrás do líder Corinthians. Campeão da Copa do Brasil, o time já está classificado para a Libertadores.

Na próxima rodada, o Santos segue em sua sequência de "amistosos", contra o Goiás, no domingo, às 19h30, no Serra Dourada, em Goiânia. Na véspera, também às 19h30, o Grêmio segue em sua luta por um lugar no G-4 e um confronto com um adversário direto, o Atlético-PR, no Olímpico, em Porto Alegre.

Deu sono. O jogo começou bastante equilibrado, com as duas equipes marcando bem e se aventurando pouco no ataque. Apesar de não ambicionar praticamente nada no campeonato, o Santos se mostrou comprometido em, pelo menos, jogar bem e não facilitar a vida do Grêmio.

A equipe gaúcha, por sua vez, foi para o jogo aparentando tranquilidade, pelo menos a maioria de seus jogadores.

Antes mesmo da marca dos 20, Jonas acertou duas cotoveladas seguidas em Adriano, em um lance no campo de ataque, e foi expulso direto, deixando o Grêmio com um jogador a menos.

Após a expulsão de Jonas, o Grêmio perdeu boa parte da sua já pequena ofensividade, abrindo mais espaço para o Santos tocar mais a bola.

Mas sem querer saber muito da vitória, o Santos chegou pouco ao ataque. A melhor chance de gol do primeiro tempo foi aos 37, quando Marquinhos bateu falta alçada na área e Durval desviou de cabeça, muito perto da trave de Vitor.

No segundo tempo, com um jogador a mais, o Santos aumentou a pressão, mas continuou sem objetividade. Nem mesmo uma cobrança de pênalti fez com que o time balançasse a rede.

Aos 23, Zé Eduardo fez boa jogada pela direita, invadiu a área, tentou o drible em cima de Rafael Marques e acabou derrubado no lance. Ele mesmo bateu o pênalti, do lado direito de Vitor, que voou bonito para espalmar.

Sem muita vontade, ainda mais após o pênalti desperdiçado, o Santos praticamente abdicou do jogo. Com um a menos, o Grêmio também se arriscou pouco, já que o resultado acabou lhe favorecendo, pelas circunstâncias do jogo.

O time gaúcho só chegou bem no segundo tempo numa cobrança de falta de longe de Fabio Rochemback, que Rafael espalmou, salvando o Santos da derrota.

Seleção. Logo após o jogo, os gremistas Douglas e Vitor e o santista Neymar - que não atuou por estar suspenso - partiram rumo aos Emirados Árabe, onde a seleção brasileira faz amistoso contra a Argentina, nesta quarta-feira.

  SANTOS - 0 - Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval, Léo  (Alex Sandro ), Roberto Brum (Alan Patrick), Adriano, Rodriguinho , Marquinhos, Zé Eduardo e Keirrison  (Marcel). Técnico: Marcelo Martelotte.

  GRÊMIO - 0 - Victor, Edilson, Paulão, Rafael Marques , Fábio Santos, Fábio Rochemback, Adilson, Lúcio, Douglas, Jonas  e André Lima (Júnior Viçosa). Técnico: Renato Gaúcho.

Público - 7.421 pagantes; Renda - R$ 143.950,00; Árbitro - Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG); Local - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.