Santos pode perder o lateral Léo

O lateral-esquerdo Léo, do Santos, é um dos destaques da seleção na Copa das Confederações, com seu futebol veloz e objetivo e seus passes e cruzamentos precisos. Mas ele tem um motivo particular para ficar intranqüilo no Japão: a confusão no Brasil em torno da venda de seu passe do União São João para o clube santista. "Não consigo me desligar do problema, está tudo cada vez mais confuso", comentou.As últimas parcelas referentes ao negócio de R$ 1,6 milhão não foram pagas e agora o União promete recorrer à Fifa, o que pode deixar Léo sem condições de atuar em nenhum clube. "Tenho duas excelentes propostas do futebol alemão, do Borússia Dortmund e do Weder Bremen, não posso ficar parado." O jogador poupa o Santos de críticas no episódio, mas torce por uma solução rápida. Ao mesmo tempo, admite o temor de viver drama idêntico ao de outros atletas, como Athirson, Ronaldinho e Juninho Pernambucano, que entraram recentemente em litígio com seus ex-clubes e passaram semanas fora de atividade. "O futebol é momento, todo mundo sabe, não posso desperdiçar esta minha fase."

Agencia Estado,

01 de junho de 2001 | 11h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.