Santos pode ter a estreia de atacante contra Vitória

O Santos provavelmente vai apostar em nova dupla, formada por Éverton Costa e Thiago Ribeiro, para tentar melhorar o aproveitamento do ataque contra o Vitória, neste sábado, às 18h30, na Vila Belmiro, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time marcou apenas três gols nos sete últimos jogos, apesar de o treinador Claudinei Oliveira ter feito inúmeras experiências e dado oportunidade a sete atacantes, desde a derrota contra a Ponte Preta, além de ter até escalado Montillo mais adiantado para atuar ao lado para atuar ao lado de Willian José no empate contra o Bahia, no domingo passado. A outra possibilidade é Willian José, que não jogou diante do Grêmio no meio da semana, voltar para ser o atacante referência ao lado de Thiago Ribeiro.

SANCHES FILHO, Agência Estado

24 de agosto de 2013 | 07h45

Éverton Costa foi apresentado nesta sexta-feira, na sala de entrevistas do CT Rei Pelé, pelo presidente em exercício Odílio Rodrigues e o novo gerente Zinho, que demonstrou confiança no novo reforço. "Éverton é um jogador que acompanhei no Campeonato Brasileiro do ano passado e até tentei levá-lo para o clube (Flamengo) onde eu estava".

Zinho é o novo homem forte do futebol santista, em razão da demissão de Pedro Luiz Nunes Conceição e Caio de Stefano do Comitê de Gestão. Acima dele só estão o novo superintendente André Zanota e o presidente em exercício, Odílio Rodrigues, que tratam mais das questões financeiras.

Com a chegada de Zinho, Claudinei Oliveira ficou fortalecido, mas o gerente tem participado até na preparação psicológica do time para entrar em campo, fazendo palestras motivacionais. Na opinião dele, o Santos precisa qualificar o elenco, com jogadores experientes, para não correr risco de ser rebaixado, o que restringe a ascensão dos garotos que o treinador conhece há muito tempo. De forma indireta, Zinho dá a entender que Renato Abreu, que precisa treinar pesado durante duas semanas para entrar em forma, e Éverton Costa são titulares do time para reagir no Brasileirão.

Os jogadores realizaram apenas um rachão nesta sexta, no CT Rei Pelé, e Claudinei Oliveira não divulgou a escalação do time, mas já é certo que a defesa terá duas mudanças em relação ao jogo contra o Bahia: Cicinho cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo e será substituído por Galhardo e Gustavo Henrique entra no lugar de Durval, punido com um jogo pelo STJD por uma falta que cometeu diante do Criciúma.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.