Santos precisa de dois minutos para bater o Flamengo

O Santos precisou de dois minutos para mostrar à torcida que ela não precisa se preocupar com a ameaça de rebaixamento. Venceu o Flamengo por 2 a 0, nesta quarta-feira à noite, na Vila Belmiro. Os gols foram marcados por Victor Andrade, aos 40 minutos do segundo tempo, e por Neymar, logo após a saída de bola do Flamengo, num lance de categoria do craque. Com o resultado, o time carioca ficou a uma posição da zona de rebaixamento.

SÍLVIO BARSETTI, Agência Estado

13 de setembro de 2012 | 00h22

Empolgado no início, talvez pela volta de Neymar da seleção, o Santos foi melhor até a metade do primeiro tempo. Depois, caiu de produção e permitiu jogadas perigosas do Flamengo, que esteve mais próximo de abrir o placar. Ibson desperdiçou grande oportunidade, num chute sem marcação, em que brilhou o goleiro Rafael. Vagner Love também teve uma chance de ouro na etapa, num toque de letra, em que a bola saiu rente à trave.

O Santos dependia de Neymar, que obrigou Felipe a fazer ótima defesa numa cobrança de falta. Mas o craque parava na marcação rígida do Flamengo. O jogo seguia sem nenhum atrativo e parecia que o empate estava escrito, o que deixaria os dois times em situação ruim no Campeonato Brasileiro.

A torcida do Flamengo se levantou aos 39 minutos do segundo tempo, quando Vagner Love teve tudo para marcar e chutou a bola na trave. Um minuto antes, Muricy Ramalho trocou André por Victor Andrade e o garoto, de 16 anos, se destacou aos 40, ao aproveitar belo passe de Bruno Peres e superar o goleiro Felipe.

Atordoado, o Flamengo não conseguiu deter Neymar no lance seguinte, em que driblou o zagueiro Marllon e encobriu Felipe com um toque sutil. Era o gol da vitória, que alçou o Santos a 30 pontos, ainda distante 12 do G4, mas a sete do Sport, primeiro da zona de rebaixamento. O Flamengo tem 27, mas um jogo a menos.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 x 0 FLAMENGO

SANTOS - Rafael; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Felipe Anderson (Bernardo) e Pato Rodriguez (João Pedro); André (Victor Andrade) e Neymar. Técnico: Muricy Ramalho.

FLAMENGO - Felipe; Leonardo Moura, Welinton (Marllon), Frauches e Ramon; Muralha, Ibson, Luiz Antônio e Mattheus (Negueba); Adryan (Bottinelli) e Vágner Love. Técnico: Dorival Junior.

GOLS - Victor Andrade, aos 40, e Neymar, aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Durval, Adriano, Felipe Anderson e Victor Andrade (Santos); Leonardo Moura, Frauches, Luiz Antônio e Welinton (Flamengo).

ÁRBITRO - Marcio Chagas da Silva (RS).

RENDA - R$ 281.955,00.

PÚBLICO - 8.015 pagantes.

LOCAL - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoSantos FCBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.