Divulgação
Divulgação

Santos pretende contratar lateral-direito japonês

Time aproveita viagem ao Japão para negociar Sakai, do Kashiwa Reysol

Luís Augusto Mônaco, estadão.com.br

08 de dezembro de 2011 | 00h09

NAGOYA - Não é só para disputar o Mundial de Clubes que o Santos está no Japão. O vice-presidente do clube, Odílio Rodrigues, admitiu logo na chegada da delegação a Nagoya que o time está interessado no lateral-direito Sakai, do Kashiwa Reysol, que joga nesta quinta-feira contra o Auckland na abertura da competição.

“É um jogador alto, que apoia bem e nos interessa. Já mantivemos as primeiras conversas com o Kashiwa para discutir a possibilidade de efetuarmos a contratação”, afirmou o dirigente santista.

Hiroki Sakai tem 21 anos, 1,83m e passagens pela seleção japonesa. Chamou a atenção dos olheiros santistas que foram enviados ao Japão para avaliar o possível adversário do time no Mundial e sua contratação também faz parte de estratégia de marketing do Santos para crescer no mercado asiático.

O Santos tem um histórico de contratações de jogadores japoneses. O mais conhecido foi Kazu Miura, que teve duas passagens pela Vila Belmiro – a primeira em 1986 e a última em 1990. Apesar de já ter 44 anos, o atacante ainda está em atividade: defende o Yokohama FC da Segunda Divisão do Campeonato Japonês. Além dele, o meia Maizono e o volante Sugawara já vestiram a camisa alvinegra.

Tudo o que sabemos sobre:
santosMundial de Clubes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.