Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Santos prevê estreia de Leandro Damião neste sábado

Depois de golear o Corinthians, clube quer fazer festa no Paulistão e jogar com seu maior reforço

Sanches Filho, Agência Estado

30 de janeiro de 2014 | 20h13

SANTOS - O Santos quer fazer uma grande festa no jogo contra o Botafogo, sábado à noite, na Vila Belmiro, com a estreia do atacante Leandro Damião. O momento não poderia ser melhor. O time derrotou o Corinthians por 5 a 1 na quarta-feira, lidera o Grupo C do Paulistão e não perde há sete jogos (vitórias nas três últimas rodadas do Brasileirão do ano passado, além de três vitórias e um empate neste ano). Tudo isso ainda sem o seu principal reforço para a temporada.

Durante a reunião do Comitê de Gestão do Santos, nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, um dos principais assuntos discutidos foi a situação de Leandro Damião, que ainda não teve a documentação regularizada. A expectativa é de que sua inscrição finalmente seja feita nesta sexta-feira, para que ele possa estrear diante do Botafogo no sábado.

"Só falta chegar o swift (aviso de pagamento por banco estrangeiro) para o Internacional liberar o Leandro Damião, o que deve acontecer amanhã (sexta-feira) cedo. Já foram pagas todas as taxas pelo Santos e o Inter tem pronta toda a papelada para nos enviar rapidamente, o que permitirá o registro do jogador a tempo para estrear", disse, nesta quinta, um dos membros do Comitê de Gestão.

O Santos contratou Leandro Damião por R$ 42 milhões, com recursos do fundo de investimentos inglês Doyen Sports, em 16 de dezembro do ano passado. No dia 6 de janeiro, foi paga a primeira das quatro parcelas de R$ 10,5 milhões - a segunda vence nesta sexta-feira. No contrato, o Inter fez questão da inclusão de uma cláusula de liberação do jogador só depois de quitada a metade do valor total.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.