Santos procura substituto para Robinho

A diretoria do Santos já se prepara para viver sem Robinho. Os inúmeros desmentidos do presidente Marcelo Teixeira e o comportamento do jogador, que se recusa a falar do seu futuro depois de junho, só reforçam a certeza de sua iminente saída.A primeira providência da diretoria está sendo tomada: buscar reforços. O jogador em questão é o meia Marcinho, do São Caetano. Ele poderia vir já para a Libertadores da América."Nós estamos buscando reforços, sim. Temos de manter o padrão alto em todos os momentos. O Marcinho é um jogador muito interessante, muito mesmo", repete o vice presidente do clube, Norberto Moreira da Silva.O Santos já conseguiu a prioridade sobre o meia do São Caetano. Desde que houve a morte do zagueiro Serginho e o presidente Nairo Ferreira foi afastado, o clube resolveu se desfazer dos seus principais jogadores, como Mineiro, Anderson Lima, Marcelo Mattos, Dininho, Euller, Warley.Marcinho só não saiu porque não quis. Há um mês ele teve uma proposta de uma equipe da Ucrânia. Mas ele se recusou a deixar o país. Empresários juram que Marcinho sabe do interesse santista.O meia ainda se recupera de uma grave fratura na perna esquerda durante a Libertadores da América de 2004. Ele voltou aos campos depois de três meses, mas o seu futebol está bem abaixo do que estava acostumado a jogar.Marcinho se viu com uma das últimas estrelas do São Caetano e não gostou dessa situação."Vi que houve uma profunda reformulação no elenco. Pode ter sido bom para o clube, mas acabou com o entrosamento do time, que levou anos para aprimorar", afirma o jogador.A princípio, o Santos tentou levar Marcinho por empréstimo. Só que o São Caetano não aceitou. Quer vendê-lo. E dinheiro não faltará nos cofres santistas. O valor que o Real Madrid deverá desembolsar por Robinho é de US$ 12 milhões (cerca de R$ 30 milhões ).Contando com esse dinheiro, o clube da Vila Belmiro comprará com mais um zagueiro. "Precisamos de outro defensor. O nosso técnico pediu e iremos buscá-lo. Estamos com uma lista de várias opções", antecipa Norberto.Entre as opções estão Ronaldo, ex-Atlético Mineiro e que está atualmente no Besiktas da Turquia; Manzur, da Seleção Paraguaia; e ainda o velho Gamarra da Internazionale de Milão. O clube já tentou levar para a Vila o ex-beque corintiano, mas o acertou emperrou. Haverá novas tratativas."Meu grupo é restrito. Preciso de outros atletas de nível para brigar pelas conquistas que o Santos deseja em 2005. Independentemente do que possa acontecer com o Robinho", afirma o técnico Oswaldinho de Oliveira.

Agencia Estado,

17 de fevereiro de 2005 | 09h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.