Santos promete atuação melhor contra o Palmeiras

Jogadores reconhecem atuação ruim no empate em 1 a 1, contra o Sport, na Ilha do Retiro

AE, Agencia Estado

31 de outubro de 2008 | 09h55

Os jogadores do Santos reconheceram que não foram bem contra o Sport, mas prometeram que a equipe vai atuar melhor no clássico com o Palmeiras. Apesar do empate não ser considerado um resultado ruim, o elenco reconheceu que o futebol não foi o esperado. Especialmente no primeiro tempo.Veja também:Santos fica no 1 a 1 contra o Sport na Ilha do Retiro  Brasileirão Série A - Classificação Brasileirão Série A - Resultados/CalendárioDê seu palpite no Bolão Vip do Limão "Com certeza, a equipe será bem diferente contra o Palmeiras. Vai ser em casa. O dever da vitória será sempre nosso", garante o lateral-esquerdo Kleber, deslocado para o meio-de-campo diante do Sport.Kléber Pereira, artilheiro do Brasileirão com 21 gols, preferiu não lamentar os desfalques do Santos na Ilha do Retiro. "Não vamos colocar a culpa pelo que jogamos contra o Sport nos desfalques. Quem entrou no time correu e se esforçou. As coisas simplesmente não aconteceram. Vamos superar o cansaço para derrotar o Palmeiras. É um clássico que nós queremos muito vencer". A lamentação santista foi quanto à falta de pontaria nas oportunidades criadas nos 45 minutos finais. "A gente jogou muito mal no primeiro tempo. Acho que o segundo foi mais equilibrado, poderíamos ter matado o jogo. Se tivéssemos atuado melhor no início, poderia ter sido melhor", analisou o goleiro Fábio Costa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.