Santos promete time misto em Mogi

Com o empate por 2 a 2 como União São João nesta quinta-feira, em Araras, o Santos ficou sem chances de chegar ao título do Campeonato Paulista deste ano. Com isso, o técnico Gallo anunciou nos vestiários do estádio Herminio Ometto, em Araras, que usará agora o Paulistão como laboratório para a Copa Libertadores da América. Se isso acontecer, estrelas como Robinho, Basílio e Deivid podem não participar do clássico contra o São Paulo, domingo, em Mogi Mirim. "Não temos mais chance, então acredito que devemos utilizar estes jogos que ainda restam para colocar os jogadores em ritmo de jogo para a Libertadores?, afirmou Gallo, cogitando a possibilidade de colocar um time misto em Mogi Mirim.Questionado sobre a escalação de jogadores pouco utilizados e o gol marcado por titular (Deivid) que começou no banco, Gallo disse que não se arrepende do que fez. "Não foi o Deivid ou o Fábio Baiano que conseguiram os gols sozinhos. Foi o trabalho de um time inteiro, que trabalhou, mas que sofreu o empate por uma fatalidade", completou o treinador.Sem chances de ser campeão, resta agora ao Santos a disputa pelo vice-campeonato. O Peixe tem 32 pontos, mesma pontuação do Corinthians, mas leva a pior no número de vitórias - 10 a 9. Do lado do União São João, o empate nos acréscimos foi comemorada como uma vitória. O time chegou aos 17 pontos, mas ainda não está livre do rebaixamento, dependendo dos últimos três jogos, o primeiro deles diante da Portuguesa Santista, domingo, em Ulrico Mursa. "Não vencemos, mas conseguimos um ponto importante diante de uma grande equipe", comentou o técnico Luiz Carlos Ferreira que considerou o resultado extremamente justo. "Seria um castigo perder, porque jogamos bem e tivemos uma infelicidade do nosso goleiro".O meia Juliano estava satisfeito, não só pelo resultado mas por ter marcado os dois gols do seu time, ambos de falta. "Tenho treinando bastante e meu aproveitamento melhorou", disse, todo feliz. "Na primeira bati no primeiro pau e no segundo gol lá no fundo, no segundo pau. Acho que isso confundiu a marcação deles", completou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.