Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Santos protesta por ingressos na final da Copa SP

Por ter melhor campanha, clube do litoral paulista pede para jogar com seu uniforme principal

Agência Estado

22 de janeiro de 2014 | 18h52

SANTOS - O Santos não gostou nada das decisões tomadas pela Federação Paulista de Futebol (FPF) com respeito à final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. No sábado, os santistas enfrentam o Corinthians no Pacaembu e será a torcida rival que terá maior espaço no estádio, uma vez que ficará nas arquibancadas, enquanto o clube do litoral ocupará o tobogã.

Em nota no seu site oficial, o Santos reproduziu o ofício enviado à FPF pelo Comitê Gestor do clube. No documento, a diretoria pede para ser informada "das datas e locais das reuniões preparatórias e/ou decisórias referentes à partida", pleiteia 50% da carga total de ingressos e cobra que a indicação do local a ser ocupado pelas torcidas seja definido por sorteio.

Apesar de o Santos ter melhor campanha na Copinha, o Corinthians terá maior espaço para sua torcida. Ocupará as arquibancadas verde e amarela (atrás do gol de entrada) e as cadeiras numeradas. Os santistas, por sua vez, ficarão no tobogã. Caso as torcidas esgotem suas cotas, os setores denominados "portões 21 e 22", nos extremos das arquibancadas, serão abertos, um para cada clube.

Além da cobrança quanto à venda de ingressos, o Santos também avisa, no ofício enviado à FPF, que requer jogar com seu uniforme um (todo branco), uma vez que possui campanha melhor do que a do Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.