Santos: punição atrapalha luta pelo título

O copo d´água jogado por um torcedor no rosto do técnico Hélio dos Anjos custou caro para o Santos, que teve a Vila Belmiro interditada por dois jogos e pagará multa de R$ 75 mil. Essa punição imposta hoje pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pode atrapalhar a luta pelo título, já que o time perde uma arma importante: das 30 partidas que disputou em casa nesta temporada, ganhou 20, empatou sete e perdeu apenas 3. O advogado Mário Mello, que defendeu o Santos no julgamento, retornará amanhã a Santos e se reunirá com o presidente Marcelo Teixeira para decidir se o clube irá recorrer ou não da decisão. Caso não recorra, a punição será aplicada nos jogos contra o Fluminense e o Goiás, enquanto a partida contra a Ponte Preta, sábado, será mantida na Vila Belmiro. O Santos ainda não decidiu qual campo será usado para o mando das partidas em que a Vila Belmiro estiver interditada. Das 11 jogos que ainda tem no Brasileiro, o clube jogaria cinco deles em casa e seis no estádio dos adversários. Com a punição, serão apenas três jogos na Vila.

Agencia Estado,

13 de outubro de 2004 | 19h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.