Santos quer contratar o goleiro Marcos

Para diminuir a dor da provável saída de Robinho, o presidente Marcelo Teixeira está articulando duas contratações. Mas as duas são difíceis e caras. A primeira é a de um goleiro com prestígio internacional e que desperte respeito. Ele pertence ao Palmeiras, mas não é Sérgio. O Santos quer Marcos. O outro objeto de desejo já está na Vila: Deivid, cujo empréstimo do Bordeaux termina no dia 30."Estamos carentes de um goleiro, isso é claro. Mas queremos um que chegue para resolver", assumiu Marcelo Teixeira. Ele já acionou empresários encarregados de sondar Marcos. De acordo com um deles, Robinho tem provocado o jogador na concentração da seleção na Alemanha, pedindo para jogar no Santos.O diretor de futebol do Palmeiras, Salvador Hugo Palaia, disse ter ouvido falar do interesse santista pelo Marcos. Mas avisa: "Sabemos que eles estão de olho no nosso goleiro. Só que para ele sair do Palmeiras será muito caro. Queremos continuar com o Marcos, mas somos profissionais. Se a proposta for absurda, não dá para segurar." Se dependesse só do técnico Gallo, o Santos investiria em Gléguer, da Portuguesa. Mas Marcelo Teixeira quer status. E Marcos é campeão do mundo.A situação de Deivid também exigirá muito dinheiro. O Bordeaux quer US$ 6 milhões (R$ 14,4 milhões) pelo jogador. O Santos ofereceu US$ 1 milhão pelo empréstimo de um ano. Depois da negativa do clube francês, Teixeira ofereceu US$ 3 milhões por 50 % do atleta. Outra negativa. O dirigente está disposto a bancar até US$ 4,5 milhões para não perdê-lo."Temos informação de que nossa proposta é a melhor. A diretoria vai conversar sobre isso no domingo", revelou Gallo. Deivid chegou a pedir ao treinador para não jogar enquanto sua situação não estiver resolvida. Mas Gallo o quer em campo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.